Dólar e índice

Dólar avança a R$5,26 e registra ganho semanal de 1,59%

Por Fast Trade
10 setembro 2021 - 18:41 | Atualizado em 10 setembro 2021 - 19:10

O dólar comercial fechou em alta de 0,80% nesta sexta-feira (10), na cotação de R$5,2640 na venda, registrando ganho semanal de 1,59%. Em um pregão de intensa volatilidade, a divisa americana ganhou força no sentimento de cautela dos investidores frente ao ambiente de menor apetite ao risco.

Embora o presidente Jair Bolsonaro tenha declinado de sua ofensiva contra os demais poderes, ainda não o suficiente para trazer segurança de que a agenda de reformas voltará ao centro das discussões.

Um bom exemplo é o projeto dos precatórios, que estava sendo costurado junto ao judiciário, mas que não teve solução devido a este imbróglio.

+ Guia de A a Z de como se tornar um trader

No entanto, a declaração do presidente já sinalizou que o Planalto poderá dar uma “trégua” na disputa, jogando por terra a ideia de ruptura institucional. Com isso, a expectativa é que os juros mais altos deem suporte ao real no curto prazo, mesmo que os ruídos políticos permaneçam.

Ao mesmo tempo, lá fora, ficou em destaque as declarações da presidente do Federal Reserve de Cleveland, Loretta Mester, ao afirmar que a redução no volume de compras de ativos deve acontecer antes do final do ano.

Juros futuros recuam de olho nos dados de inflação

Os contratos de juros futuros encerraram com redução nas taxas em todos os períodos, com foco nos dados de inflação e na trégua sinalizada por Bolsonaro. Fazendo uma sessão de ajustes, os DIs oscilaram bastante frente às incertezas sobre a política monetária, tendo em vista a forte pressão de alta nos preços.

Nesse sentido, o fortalecimento das vendas no varejo também reforça o cenário de aumento no consumo e forte demanda no mercado local.

+ O que ninguém te conta sobre os investimentos em ações

Por isso, muitas casas de análise passaram a precificar um aumento na taxa Selic de até 15 pontos percentuais na próxima reunião do Copom.

O DI janeiro/2022 recuou a 7,28% (7,42% no ajuste anterior), o DI julho/2023 caiu para 9,72% (9,78% no ajuste anterior) e o DI janeiro/2025 declinou a 10,20% (10,27% no ajuste anterior).

Quer ficar informado de todas as novidades sobre o mercado financeiro? Então participe do Canal do Fast Trade no Telegram acessando o link: https://t.me/plataformafasttrade

Dólar avança a R$5,26 e registra ganho semanal de 1,59%

Leia também:

Abate de bovinos cai 4,4% no 2T21 e alcança o menor volume desde 2011

UBS inicia a cobertura das ações da Raízen estimando potencial de alta em 50%

Braskem tem alta de 185% em 2021 e deve alcançar receita líquida anual histórica


Sobre o autor