Dólar e Câmbio

Dólar avança a R$5,19 e fecha março com valorização de 16%

Por Fast Trade
31 março 2020 - 18:53 | Atualizado em 31 março 2020 - 19:11

O dólar comercial subiu nesta segunda-feira (31), fechando na cotação de R$5,1980 na venda, com uma valorização mensal de 15,96%.

Impulsionada pela forte demanda por segurança aqui e no exterior, a divisa americana registrou o maior salto em um mês desde 2011.

A pandemia de coronavírus e a queda nos preços do petróleo pressionaram as moedas emergentes, que são mais suscetíveis à volatilidade.

Mesmo em firme trajetória de depreciação, o real apresentou um desempenho um pouco melhor em relação aos seus pares, como o peso mexicano (20,99%) e rublo russo (17,19%).

Segundo análise do Bank of America, a moeda brasileira está parcialmente depreciada, pois seu valor justo seria R$4,62 por dólar.

Porém, considerando o quanto seria preciso o câmbio oscilar para zerar o déficit em conta corrente, a moeda dos EUA precisaria subir aos R$6,20, conforme a instituição.

Em dia de pregão volátil devido à formação da Ptax, a queda do real foi moderada porque o Banco Central vendeu US$755 milhões em recursos no mercado à vista, por meio de leilão de linha.  

Juros Futuros

Na renda fixa, os contratos de juros futuros encerraram majoritariamente em queda, com os investidores precificando novos cortes na taxa Selic e a flexibilização monetária por mais tempo.

O DI novembro/2020 caiu para 3,26% (3,36% no ajuste anterior), o DI outubro/2023 declinou para 5,90% (6,06% no ajuste anterior) e o DI janeiro/2026 avançou para 7,29% (7,17% no ajuste anterior). 

Veja também:

https://plataformafasttrade.com.br/noticias/ibovespa-fecha-em-queda-e-registra-perda-trimestral-de-37/

https://plataformafasttrade.com.br/noticias/petroleo-conclui-pior-trimestre-da-historia-com-declinio-de-65/

https://plataformafasttrade.com.br/noticias/governo-altera-tributacao-para-operacoes-de-hedge-em-investimentos-no-exterior/


Sobre o autor