Dólar e índiceHome

Dólar avança a R$3,85 com declarações de membros do Fed

Por Pablo Vinicius Souza
25 junho 2019 - 18:47

O dólar comercial se fortaleceu frente às principais moedas emergentes no exterior, após membros do Federal Reserve sinalizarem que não está definido se haverá uma redução da taxa de juros nos EUA já no mês julho.

O presidente do Fed, Jerome Powell, acrescentou que a autoridade monetária está isenta de pressões políticas e vai agir sem sentimentos, considerando apenas as movimentações do mercado.

Com isso, os investidores ficaram receosos e buscaram proteção na divisa americana, que avançou 0,71% contra o real brasileiro, fechando na cotação de R$3,8540 na venda.

No mercado de juros futuros, os contratos encerraram com elevação nas taxas em todos os períodos, fazendo uma sessão de ajustes técnicos, depois apresentar queda acentuada nas últimas semanas.

Ruídos na reforma da Previdência e na articulação política do governo desencadearam um movimento de realização de lucros na renda fixa, o que justifica a valorização das taxas.

O DI maio/2020 saltou para 5,91% (5,79% no ajuste anterior), o DI julho/2024 subiu para 7,20% (7,11% no ajuste anterior) e o DI janeiro/2026 aumentou para 7,51% (7,420% no ajuste anterior).

Leia mais:

Ibovespa recua quase 2% com atraso na Previdência, Habeas Corpus de Lula e declarações do Fed

Noticiário Corporativo: Petrobras (PETR3/ PETR4) e Multiplan (MULT3)

Petróleo fecha sem direção comum com conflitos EUA-Irã renovando as incertezas


Sobre o autor