Dólar e Câmbio

Dólar avança a R$ 5,32 de olho no payroll, mas registra perda semanal de 1,29%

Por Fast Trade
04 fevereiro 2022 - 18:49 | Atualizado em 04 fevereiro 2022 - 19:26

O dólar comercial fechou em alta de 0,47% nesta sexta-feira (04), na cotação de R$ 5,3210 na venda, refletindo os números do relatório de empregos (payroll). Contudo, na semana, a divisa americana acumulou perdas de 1,29% em meio à entrada de fluxo estrangeiro.

No pregão de hoje, ficou em destaque o desempenho do mercado de trabalho nos EUA. Em janeiro, a economia do país criou 467 mil novas vagas, superando, com folga, as estimativas dos economistas, que apontavam para a geração de apenas 150 mil empregos.

+ Calendário do Trader 2022: Baixe agora!

Ao mesmo tempo, o relatório também trouxe a revisão do dado de dezembro, que subiu de 199 para 510 mil novos postos de trabalho. Diante disso, crescem as expectativas de que o Federal Reserve pode acentuar o ritmo de elevação dos juros, considerando o forte desempenho da economia.

Enquanto isso, por aqui, os investidores acompanharam as discussões sobre a PEC dos combustíveis, já que o presidente Jair Bolsonaro deu aval para a ala política prosseguir com o projeto. Apesar de não contar com o apoio do ministro Paulo Guedes, o Planalto está articulando uma proposta que pode resultar na perda de R$ 54 bilhões em receitas.

Juros futuros avançam com Treasuries no radar

Os contratos de juros futuros encerraram com aumento nas taxas em todos os períodos, refletindo o comportamento das Treasuries (títulos do Tesouro dos EUA). Após a divulgação dos dados do payroll, as taxas se ajustaram em alta, sobretudo, na ponta longa da curva a termo.

Isto porque, o fortalecimento da economia confirma o discurso do Federal Reserve, avalizando um ritmo mais agressivo para os juros do país. Os rendimentos dos T-notes de dez anos subiam para 1,924%, evidenciando o estresse na curva americana.

+ Guia de A a Z de como se tornar um trader

Em contrapartida, as questões fiscais também ficaram no radar, com os investidores monitorando o avanço da PEC dos combustíveis no Congresso. Ademais, o mercado tentou precificar os possíveis impactos de um projeto desta magnitude na arrecadação federal e no quadro fiscal de 2022.

O DI junho/2022 subiu a 11,45% (11,44% no ajuste anterior), o DI julho/2023 avançou para 11,88% (11,77% no ajuste anterior) e o DI julho/2025 saltou a 10,89% (10,86% no ajuste anterior).

Quer ficar informado de todas as novidades sobre o mercado financeiro? Então participe do Canal do Fast Trade no Telegram acessando o link: https://t.me/plataformafasttrade

Dólar avança a R$ 5,32 com payroll, mas registra perda semanal de 1,29%

Leia também:

Bitcoin dispara mais de 8% e supera a fronteira psicológica de US$ 40 mil

Empresa russa Acron adquire projeto de fertilizantes da Petrobras


Sobre o autor