Dólar e índice

Dólar assume viés de alta acompanhando o cenário internacional

Por Fast Trade
28 janeiro 2021 - 13:48 | Atualizado em 28 janeiro 2021 - 14:41
maior fechamento desde maio

O dólar comercial opera em alta nesta quinta-feira (28), acompanhando o cenário internacional mais avesso ao risco.

Nesse contexto, ganhou destaque o impasse das negociações do pacote de estímulos de Joe Biden, nos Estados Unidos.

Isto porque, além de enfrentar uma grande resistência os parlamentares republicanos, o presidente ainda terá que enfrentar a insegurança do mercado após a avaliação do Federal Reserve.

No comunicado sobre sua decisão de juros, a autoridade monetária demonstrou uma grande preocupação com o ritmo de recuperação da economia.

Baixe agora: Dólar e Mini dólar – Desvendando este mercado

Ao mesmo tempo, repercutia os dados do Produto Interno Bruto (PIB) do país que cresceu 4% no 4º trimestre de 2020, em linha com o estimado pelos analistas.

Ainda que a crise sanitária esteja se normalizando com a vacina, os efeitos econômicos da segunda onda de contágio serão devastadores.

Enquanto isso, na Ásia, o Banco Central chinês informou que vai retirar os estímulos do sistema financeiro. Este fato pressionou os ativos do continente, desencadeando um movimento de queda generalizada.

Não só a questão macroeconômica, mas também o avanço da pandemia em países como Japão, China, Austrália e Hong Kong vem preocupando os investidores.

Baixe agora: Derivativos – O guia definitivo para começar a investir

Da mesa forma, diferentes catalisadores atuam contra a moeda brasileira neste pregão.

Acima de tudo, a deterioração do quadro fiscal e a expectativa pelas eleições para as presidências da Câmara e do Senado inspiravam cautela.

Na agenda de indicadores, o IBGE divulgou o aumento para 14,1% da taxa de desocupação do Brasil no trimestre encerrado em novembro.

Às 12h48 (horário de Brasília), o dólar comercial subia 0,67% contra o real, sendo cotado a R$5,4400 na venda.

Juros futuros passam por ajustes refletindo o leilão do Tesouro

Os contratos de juros futuros passavam por ajustes de baixa em todos os períodos, refletindo o leilão de Títulos do Tesouro Nacional.

Desse modo, o sentimento de cautela prevaleceu não apenas em relação ao cenário fiscal, mas também pela aceleração do IGP-M para 2,58% em janeiro.

Baixe: Guia de A a Z de como se tornar um trader!

O DI junho/2021 caía 0,45%, na cotação de 2,21% (2,22% no ajuste anterior) e o DI janeiro/2025 recuava 2,14% sendo vendido a 6,41% (6,56% no ajuste anterior).

Quer ficar informado de todas as novidades sobre as técnicas e estratégias aplicadas ao day trade? Então participe gratuitamente do Canal do Fast Trade no Telegram acessando o link: https://t.me/plataformafasttrade

Dólar assume viés de alta acompanhando o cenário internacional

Leia também:

Eletrobras (ELET3;ELET5;ELET6) discute alterações em seu estatuto

Fundos de investimento captaram até R$62,1 bilhões até o dia 22 de janeiro

Calendário Econômico: preços ao consumidor, confiança do comércio e mais


Sobre o autor