Economia

Dirigentes do Fed concordam com aumento de juros em 0,5% nas próximas reuniões

Por Fast Trade
25 maio 2022 - 17:07 | Atualizado em 25 maio 2022 - 18:57
futuros americanos e bolsas europeias sobem a espera de reuniao do fed

Os dirigentes do Comitê de Política Monetária do Federal Reserve concordaram em acelerar os aumentos nos juros dos EUA para conter a inflação. De acordo com a ata da última reunião, os integrantes acham adequado elevar a taxa em 0,5% nos encontros que serão realizados em junho e julho.

Nesse sentido, o presidente da instituição, Jerome Powell, já havia afirmado que existe no grupo uma “ampla percepção” de que será necessário aprovar reajustes semelhantes. Como a inflação está muito acima da meta estabelecida pelo Banco Central, a perspectiva é de aperto periódico e consistente nos juros.

+ Confira neste vídeo 6 dicas para organizar o seu operacional!

Os membros do comitê ainda enfatizaram que “uma postura restritiva da política monetária pode se tornar apropriada dependendo da evolução das perspectivas econômicas e dos riscos para essas projeções”. Por esse motivo, o Fed precisa agir já que enxerga a inflação como uma ameaça importante ao desenvolvimento da economia.

Em primeiro lugar, os dirigentes concordaram que será necessário “mudar rapidamente a postura da política monetária para uma postura neutra”, conforme explicou a ata. Apesar disso, eles também acreditam que, posteriormente, adotar uma política monetária restritiva pode ser uma alternativa.

Projeções dos dirigentes para o PIB e cenário de inflação

Alguns integrantes acharam que seria interessante acentuar a recomposição dos juros agora para avaliar os efeitos do aperto na economia. Até porque, a ata mostra uma preocupação em controlar a inflação sem provocar uma recessão no país ou aumentar os níveis de desemprego.

Segundo a ata, “após o rápido crescimento no quarto trimestre de 2021, o PIB caiu no primeiro trimestre deste ano”, embora os gastos das famílias e os investimentos corporativos continuaram fortes, confirmando a força da economia.

+ Conservador, moderado ou arrojado: Descubra o seu perfil de investidor!

Por esse motivo, o comitê acredita que haverá um sólido crescimento do país no segundo trimestre. Ademais, eles consideram a venda de títulos hipotecários como uma alternativa válida, ao invés de deixar que a redução no balanço ocorresse de forma passiva.

“Vários membros comentaram que, após a liquidação do balanço estar bem encaminhada, seria apropriado que o Comitê considerasse as vendas de hipoteca para permitir o progresso adequado em direção a uma carteira de prazo mais longo composta principalmente de títulos do Tesouro” – explicou a ata.

Quer saber como é a alta performance em operações utilizando a plataforma de negociação mais ágil do Brasil? Então cadastre-se no Fast Trade e tenha 7 dias de teste grátis.

 

Leia Mais:

Credit Suisse eleva a recomendação da MRV para outperform e ações disparam

Bolsa brasileira opera em queda pressionada pelos bancos e antes da ata do Fed; dólar sobe


Sobre o autor