EconomiaHome

CVC registra valorização de 14% após anunciar troca de CEO

Por Fast Trade
06 março 2020 - 19:14
CVC (CVCB3)

As ações ordinárias da CVC (CVCB3) fecharam o pregão desta sexta-feira (06) anotando valorização de 14,40%, após a companhia anunciar a saída do diretor presidente Luiz Fernando Fogaça.

O executivo protocolou um pedido de renúncia ao cargo pouco depois que a empresa constatou indícios de “erros na contabilização” de valores transferidos aos fornecedores de serviços turísticos referentes às receitas destes próprios fornecedores.

Leonel Andrade, ex-presidente da Smiles, assumirá o cargo de CEO da empresa de turismo e está sendo muito bem recebido pelo mercado devido à sua experiência de mais de 15 anos em cargos direção.

O J.P. Morgan, em um relatório enviado aos clientes, elevou a recomendação das ações da CVC de “venda” para “neutra”, indicando o preço-alvo de R$38, com potencial de alta de até 90%.

“Além disso, acreditamos que a saída do presidente Luiza Fogaça e a nomeação de Leonel Andrade, ex-presidente da Smiles, devem aliviar o clima negativo com as ações e desencadear discussões mais construtivas” – explicou o banco.

Na visão dos analistas, a ação está sendo negociada a preços bastantes atraentes, representando uma excelente oportunidade de compra, apesar das incertezas quanto às perspectivas de crescimento e retorno sustentáveis no setor.

Nos últimos meses, a companhia enfrentou grandes desafios como a falência da Avianca e agora a epidemia de coronavírus, cujos impactos já estão sendo desastrosos para o setor de turismo.

Contudo, as projeções ainda são positivas no longo prazo, considerando o potencial dos ganhos de escala, a força da marca, o know-how e a ampla rede de agências que representam a CVC.


Sobre o autor