Empresas

CVC divulga prévia do desempenho no 4T21; reservas confirmadas saltam 64%

Por Fast Trade
21 janeiro 2022 - 11:10 | Atualizado em 21 janeiro 2022 - 12:36
CVC (CVCB3)

A CVC (CVCB3) divulgou que as reservas confirmadas no quarto trimestre de 2021 atingiram R$ 3 bilhões. Dessa maneira, elas ficaram 64% maiores na comparação anual e 4% em relação ao terceiro trimestre. Os dados foram anunciados na sexta-feira (21).

As reservas embarcadas somaram R$ 3,3 bilhões, avanço de 93% em relação ao mesmo trimestre no ano anterior e alta de 28% no comparativo trimestral. É preciso ressaltar, todavia, que o crescimento das reservas se deu em meio à dificuldades da companhia diante de um ataque cibernético sofrido no período.

+ Guia completo de como ter sucesso nas operações de Day Trade – Baixe agora!

 “As reservas confirmadas no Brasil mantiveram, nos último meses, trajetória de recuperação”, disse a CVC em nota. Embora tenha ocorrido uma queda nos últimos quinze dias de dezembro em decorrência da expansão da variante Ômicron, a empresa acredita que o bom ritmo irá se recuperar logo.

 “A retomada do setor, dessa forma, deve seguir afetada nas próximas semanas, entretanto a demanda reprimida deve permanecer alta para viagens das mais diversas naturezas e, assim, impulsionar o aumento de passageiros embarcados ao longo de 2022”, explica a companhia.

Análises do mercado

No início do mês, a Órama divulgando sua carteira de ações recomendava os papéis da CVC. Além disso, a corretora afirmou que a companhia era a com maior potencial de valorização. O preço-alvo apontado foi de R$ 39,54.

“A empresa vem tendo melhoras nos números ao longo de 2021, mesmo com a permanência da situação adversa da Covid. Esperamos uma melhora mais substancial para o ano de 2022”, disse a corretora.

+ Guia de A a Z de como se tornar um trader

Por outro lado, Filipe Villegas, da Genial Investimentos, afirmou na mesma semana que não é hora de comprar as ações da CVC.

“Vivemos em um cenário de subida de juros nos Estados Unidos e aqui no Brasil, temos um ano eleitoral, que traz muita volatilidade, ao mesmo tempo em que a gente convive com o cenário inflacionário e de baixa expectativa de crescimento econômico”, disse.

“[…] ou seja, tudo converge para a CVC não ser uma ação de compra recomendada, porque ela depende de todo o oposto que a gente espera que aconteça nesse primeiro semestre”, explica, por fim, Villegas.

Quer ficar informado de todas as novidades sobre o mercado financeiro? Então assine a Fast Break e receba as notícias mais relevantes do momento!

CVC divulga prévia do desempenho no 4T21; reservas confirmadas saltam 64%

Leia também:

Governo deve apresentar PEC de redução dos preços dos combustíveis e da energia


Sobre o autor