Empresas

Cosan (CSAN3), Vulcabras Azaleia (VULC3) e São Martinho (SMTO3)

Por Fast Trade
11 agosto 2020 - 07:00 | Atualizado em 11 agosto 2020 - 07:29
Cosan (CSAN3)

Na sequência dos resultados trimestrais, destaque para a Cosan (CSAN3) e Vulcabras Azaleia (VULC3) que reverteram o lucro do 2T19 e amargaram prejuízo no 2T20.

Leia também: Resultados trimestrais e participação do governo na Vale (VALE3)

Cosan (CSAN3)

A Cosan S.A. (CSAN3), atuante nas áreas de infraestrutura e energia, amargou um prejuízo atribuído à controladora de R$ 174,4 milhões no segundo trimestre.

O resultado final ajustado do grupo foi negativo em R$ 146,2 milhões, ante ganho de R$ 317 milhões no 2T19, conforme o press release divulgado.

Na esteira da queda, a variação cambial impactou negativamente o bônus perpétuo da holding que não tem proteção, o que pressionou o resultado financeiro.

Além disso, a Raízen Combustíveis (o maior negócio da Cosan (CSAN3) foi impactada pelas medidas de isolamento social adotadas para reduzir o contágio do coronavírus.

Assim como a Cosan, a Comgás e a Moove, a Raízen amargou um resultado operacional consolidado negativo de R$ 213 milhões.

Assim sendo, a receita líquida da Cosan declinou 33,1% entre abril, maio e junho, totalizando R$ 11,8 bilhões.

Já o lucro bruto despencou 42,2%, somando R$ 1 bilhão no período, enquanto o resultado antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) encolheu 58,2%.

Além do Ebitda ter recuado para R$ 590,8 milhões, pelo critério ajustado, o resultado somou R$ 517,8 milhões, um recuo considerável de 56,5%.

Baixe agora: Desvendando o Swing Trade – Tudo o que você precisa saber!

Vulcabras Azaleia (VULC3)

Do mesmo modo, a Vulcabras Azaleia (VULC3) apurou um prejuízo líquido no 2T20, de R$ 75,4 milhões, mesmo após todas as medidas adotadas para a contenção de despesas no período mais abalado pela pandemia do coronavírus.

Assim, a companhia reverteu o lucro de R$ 30 milhões contabilizado entre os meses de abril, maio e junho de 2019.

Além disso, a receita líquida da Vulcabras despencou 69,8%, de R$ 327 milhões para R$ 98,7 milhões na mesma base de comparação.

Já o Ebitda passou dos +R$ 50,5 milhões para -R$ 55,1 milhões, com queda de 71,2 pontos percentuais para a margem (-55,8%).

Baixa gratuitamente o relatório especial sobre os Fundos Imobiliários

São Martinho (SMTO3)

Por fim, o grupo São Martinho (SMTO3) findou o primeiro trimestre da safra 2020/21, em 30 de junho, com lucro líquido de R$ 115,7 milhões.

De acordo com balanço divulgado após o fechamento do pregão na véspera (10), a companhia, listada entre as maiores do segmento sucroalcooleiro no Brasil, viu seu Ebitda ajustado crescer 41,1%, totalizando R$ 491,4 milhões.

Ademais, sua receita líquida saltou 35,8%, para R$ 1 bilhão.

Baixe gratuitamente o guia completo sobre investimentos em fundos multimercadosQuer ficar informado de tudo o que acontece no mercado financeiro? Então participe gratuitamente do Canal do Fast Trade no Telegram através do link: https://t.me/plataformafasttrade


Sobre o autor