Mercados

Como o mercado se posiciona para a abertura desta sexta-feira, 11 de junho

Por TradersClub
11 junho 2021 - 09:45 | Atualizado em 11 junho 2021 - 09:46
a abertura desta sexta-feira 11 de junho,

São Paulo, 11 de junho – A abertura desta sexta-feira, 11 de junho, na B3 é marcado por um exterior em leve alta, rondando máximas e ainda aliviado após a inflação americana de maio. O índice deu suporte à visão de que a alta de preços será transitória e que o apoio à economia vai continuar por um bom tempo. Commodities seguem em tom positivo, com minério saltando 5,90% em Dalian, segundo traders. Agenda nos Estados Unidos traz apenas a confiança do consumidor em junho, na prévia.

Ebook: Cartilha de Dividendos

Por aqui, olho no volume de serviços de abril, às 09h00. Cúpula do G7, grupo dos países mais industrializados do mundo, arrancou. Líderes devem anunciar expansão da fabricação de vacinas da Covid e endossar publicamente um imposto mínimo corporativo global de pelo menos 15%. O banco central da Rússia elevou juro básico de 5% para 5,5%, e o da Coreia do Sul sinalizou que pode ser um dos primeiros da Ásia a elevar as taxas. Além da Superquarta, a próxima semana terá vencimentos de opções aqui e nos EUA na quarta e sexta, o que pode trazer volatilidade. Para mais informações sobre a abertura desta sexta-feira, 11 de junho,, leia o Expresso das 08h00.

Bolsa: Índice deve abrir em alta moderada. Os futuros do S&P500, do Dow Jones e do Nasdaq subiam 0,12%, 0,19% e 0,14%, respectivamente.

Dólar: Divisa deve subir em linha com DXY e alta de juros russa. Fluxo pode aliviar.

Juros: DIs devem subir com câmbio, de olho nos serviços e yields.

Abertura desta sexta-feira 11 de junho


Sobre o autor