Mercados

Como o mercado se posiciona para a abertura desta quarta-feira, 9 de junho

Por TradersClub
09 junho 2021 - 09:43 | Atualizado em 09 junho 2021 - 12:10
abertura desta quarta-feira 9 de junho

São Paulo, 9 de junho – A abertura desta quarta-feira, 9 de junho, na B3 é marcado por exterior morno, dominado pelo cabo de guerra entre quem vê inflação transitória e os que apostam que ela se mostrará persistente o suficiente para justificar uma redução de estímulos pelo banco central americano. O dado de inflação ao consumidor americano, que sai amanhã, será tira-teima. Hoje, já trouxe preocupação o salto do índice de preços ao produtor chinês em maio. Foco local também é a inflação. O IPCA de maio sai às 09h00, um dia após o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, repetir que a alta de preços é temporária, e após prévia do IPC-Fipe mais salgada. Decisão de juros no Canadá sai às 11h00.

Acesse: Carteira recomendada de julho!

Commodities têm dia alta e podem animar bolsa. Na Europa, papéis de turismo sobem após notícia de que os Estados Unidos vão aliviar restrições para viagens para países como França e Alemanha. Agenda americana traz estoques de petróleo. Coletiva do governo paulista sobre Covid-19, às 12h45, será monitorada. Relatório de análise do consumo do Itaú, às 10h00, novo impasse no pacote de infraestrutura americano e tentativa da China de controlar preço do carvão também estão no radar. Seguem apostas de que a MP da Eletrobras será mudada no Senado. Comissão da Reforma Administrativa deve ser instalada hoje na Câmara. Para mais informações sobre a abertura desta quarta-feira, 9 de junho, leia o Expresso das 08h00.

Bolsa: Índice deve abrir estável. Os futuros do S&P500 e do Dow Jones caíam 0,01% e 0,17%, respectivamente, enquanto o do Nasdaq ganhava 0,19%.

Dólar: Divisa deve cair em linha com DXY, yields dos Treasuries e fluxo, mas ajuste, após nove quedas, pode pesar.

Juros: DIs devem subir com IPC-Fipe, mas IPCA e câmbio vão ditar rumo. Trégua nos yields traz alívio.

Abertura desta quarta-feira, 9 de junho.


Sobre o autor