Mercados

Commodities avançaram 50,72% em 2021, segundo o índice do Banco Central

Por Fast Trade
05 janeiro 2022 - 16:17 | Atualizado em 05 janeiro 2022 - 17:05
ICB

Calculado pelo Banco Central, o IC-Br (Índice de Commodities Brasil) mostrou que os preços das commodities avançaram 50,72% em 2021. Após registrar uma variação negativa de 0,33% em novembro, as cotações das matérias-primas que contribuem com a inflação subiram 0,71% em dezembro.

Desse modo, o indicador formado a partir dos preços das commodities agrícolas, metálicas e energéticas tem conversão para o real, mostrando a variação dos valores no período. O equivalente internacional ao IC-Br é o CRB (Commodity Research Bureau) que também disparou ano passado, fechando com alta de 43,80%.

+ Relatório alocação de recursos: Baixe agora!

O subgrupo de commodities agropecuárias – que engloba os produtos carne de boi, carne de porco, algodão, óleo de soja, trigo, açúcar, milho, arroz, café, suco de laranja e cacau – tiveram valorização anual de 45,23%.

Ao mesmo tempo, as commodities metálicas (alumínio, minério de ferro, cobre, estanho, zinco, chumbo, níquel, ouro e prata) subiram 48,50% nos últimos 12 meses. No entanto, os itens que registraram a maior alta nos preços foram as commodities energéticas (petróleo Brent, gás natural e carvão), com aumento de 73,89% no ano.

Café: Quebra na safra deve manter os preços elevados

A safra brasileira de café 2022/23 será positiva, apesar de não conseguir fazer frente aos preços do produto, segundo o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea). Isto porque, o mercado está prevendo uma quebra de safra em virtude das secas e geadas nas regiões de plantação.

Acima de tudo, os pesquisadores afirmaram que os problemas decorrentes das condições climáticas se estenderam ao longo de 2021, levando a prejuízos nas colheitas. Por esse motivo, a produção foi afetada, com perda das plantas em diversos locais monitorados.

+ Guia de A a Z de como se tornar um trader

“Assim, mesmo diante da expectativa de boa produção em 2022/23, o total colhido no Brasil deve ser baixo para uma safra de bienalidade positiva, o que deve impedir a recuperação dos estoques nacionais e globais” – disse o relatório do Cepea.

Por fim, a instituição também destaca que os problemas na logística também devem persistir em 2022, o que também tende a prejudicar os embarques.

Quer ficar informado de todas as novidades do mercado financeiro? Então participe do Canal do Fast Trade no Telegram através do link: https://t.me/plataformafasttrade

Commodities avançaram 50,72% em 2021, segundo o índice do Banco Central

Leia Mais:

Credit Suisse revisa avaliação da BRF elevando a recomendação e o preço-alvo da ação

Agenda de Indicadores: IPP de novembro e PMI de serviços IHS Markit de dezembro


Sobre o autor