HomeMercados

Com trâmites da Previdência na Comissão Especial, Ibovespa sobe e dólar cai a R$3,96

Por Pablo Vinicius Souza
25 abril 2019 - 12:22
Ibovespa futuro sobe nesta terça-feira

Na sessão de hoje, o Ibovespa operava em queda desde a abertura, dando sequência ao movimento de sell-off que foi predominante nas transações da véspera. Porém, o índice geral conseguiu reverter a trajetória de baixa e ganhou força para valorização apoiado nas novidades do cenário interno.

O mercado dirige total atenção à instalação da Comissão Especial para análise da proposta de reforma da Previdência, que terá como presidente o deputado Marcelo Ramos (PR) e como relator o deputado Samuel Moreira (PSDB), ambos indicados pelo presidente da Câmara, Rodrigo Maia.

Manual do Imposto de Renda para Investidores

Nesse contexto, às 12h15 (horário de Brasília), a Bolsa brasileira avançava 0,74%, aos 95.746 pontos, registrando um giro financeiro de R$4,174 bilhões.

A reforma da Previdência na Comissão Especial

Os nomes indicados por Maia para liderar os trabalhos na Comissão Especial são conhecidos por apresentar comportamentos mais moderados e ter boa capacidade de articulação política. Marcelo Ramos é conhecido por defender a necessidade de uma reforma na Previdência e ter excelente relacionamento com seus pares.

Já Samuel Moreira é dotado de grande experiência na área política pois chefiou a Casa Civil de São Paulo na gestão de Geraldo Alckmin (PSDB) e sabe como convergir interesses conflitantes, ao mesmo tempo em que luta pela consecução das prioridades, como é o caso da reforma da Previdência.

Cotação do Dólar e juros futuros

O dólar comercial desvalorizava 0,48%, sendo cotado a R$3,96, oscilando entre as mínimas do dia. Depois de bater em R$4,00 no início das operações, a divisa americana ameniza com otimismo do cenário doméstico, sem, contudo, deixar de avançar contra as demais moedas no exterior.

Tal movimento de alta ocorre devido à sinalização de que o Banco Central do Japão adotará mais estímulos econômicos, ao revés da China, que pretende reduzir sua intervenção, já que os resultados do primeiro trimestre vieram acima do esperado.

Os contratos de juros futuros operavam mistos, reagindo à divulgação do IPCA-15 de abril que teve um aumento de 0,72%, ligeiramente acima do previsto pelos analistas, e ao leilão de títulos LTN e NTN-F realizado pelo Tesouro Nacional agora pela manhã.

O DI com vencimento para outubro/2019 caía 0,23%, sendo negociado a 6,44% (6,45% no ajuste anterior), o DI para setembro/2021 subia 0,39%, sendo comercializado a 7,63% (7,60% no ajuste anterior) e o DI para junho/2024 valorizava 0,70%, sendo vendido a 8,68% (8,64% no ajuste anterior).

Mercado brasileiro

As ações de maior liquidez da Bovespa apresentavam desempenho majoritariamente positivo, mas ainda com perdas e ganhos para alguns setores. A seguir, as máximas apuradas no momento:

  • Natura (NATU3) +9,67%
  • Sabesp (SBSP3) +2,70%
  • Eletrobras (ELET3) +4,30%
  • Via Varejo (VVAR3) +2,80%
  • JBS (JBSS3) +3,42%

Cemig – Em comunicado, a Cemig informou que os processos de incorporação das subsidiárias Lepsa e RME (Rio Minas Energia) foram concluídos. Por se tratar de subsidiárias integrais, não haverá necessidade de incorrer em aumento de capital ou emissão de novas ações para efetivar a integração.

Enel – A Companhia Enel Distribuição de São Paulo divulgou os resultados do primeiro trimestre registrando um lucro líquido de R$69 milhões, com reversão de prejuízos de R$5,4 bilhões apurados no mesmo período no ano passado. A receita líquida teve um avanço de 8,3%, para R$3,467 bilhões.

COMPANHIAS ESTATAIS
Petrobras (PETR3) +1,08% Vale (VALE3) -0,42%
Petrobras (PETR4) +1,16% Embraer (EMBR3) -1,61%
Eletrobras (ELET3) +4,30% Banco do Brasil (BBAS3) +1,30%
Eletrobras (ELET6) +2,83% Cemig (CMIG4) +1,19%

E-book: Guia Completo e Definitivo da Previdência Privada 

SETOR BANCÁRIO SETOR SIDERÚRGICO
Itaú Unibanco (ITUB3) -0,34% Usiminas (USIM3) +2,76%
Santander (SANB11) +0,31% CSN (CSNA3) -0,61%
Bradesco (BBDC3) -1,32% Gerdau (GGBR4) +0,14%

 


Sobre o autor