HomeMercados

Com ruídos na Previdência e cautela antes do Carnaval, Ibovespa recua 1% e dólar sobe a R$3,77

Por Pablo Vinicius Souza
01 março 2019 - 20:37

Apesar do clima mais otimista do exterior, o Ibovespa operou em queda desde a abertura e aprofundou as perdas durante a tarde. A oscilação negativa das ações da Vale, Petrobras e Eletrobras limitou o desempenho do índice geral na B3, que já estava sendo impactado pelo clima de cautela antes do feriado de Carnaval. Além disso, desde as últimas declarações do presidente Jair Bolsonaro sobre a possibilidade de modificar alguns aspectos importantes na Reforma da Previdência, o mercado tem questionado o nível de desidratação da proposta, e por isso, houve adição de prêmio de risco nos ativos brasileiros.

Baixe o e-book: Desvendando o swing trade: tudo o que você precisa saber!

No fim da sessão, o benchmark da Bolsa brasileira encerrou em queda de 1,03%, aos 94.603 pontos e um giro financeiro de R$10,656 bilhões. O dólar comercial fechou em alta de 0,61%, sendo cotado a R$3,77, em um dia de forte cautela no mercado de câmbio. Os investidores buscaram maior proteção na divisa americana, diante do medo de ficar expostos às turbulências do exterior, devido ao fechamento da Bolsa local nos próximos quatro dias. Com isso, o dólar garantiu a segunda semana consecutiva de alta, em meio à onda de desvalorização dos principais mercados emergentes.

Baixe o E-book O Guia Completo de Como Ter Sucesso Nas Operações de Day Trade

Os contratos de juros futuros encerraram com elevação nas taxas, depois de vivenciar uma semana repleta de indicadores macroeconômicos e noticiário político intenso. Com a Reforma da Previdência no radar e os ruídos da comunicação no governo, houve valorização em todos os períodos, sobretudo nas taxas dos vértices de longo prazo. O DI com vencimento para setembro/2021 saltou para 7,69% (7,66% no ajuste anterior), o DI para março/2023 subiu para 8,38% (8,36% no ajuste anterior) e o DI para dezembro/2027 aumentou para 9,30% (9,18% no ajuste anterior).

Baixe o e-book: Guia completo para investimento em renda fixa

Vale – O Secretário de Geologia, Mineração e Transformação Mineral do Ministério de Minas e Energia, Alexandre Vidigal de Oliveira, anunciou que as autoridades brasileiras abriram um processo para investigar a Vale sob a acusação de dificultar as fiscalizações do governo nas barragens de rejeitos de minério, como a de Brumadinho, que se rompeu recentemente. Caso seja considerada culpada, a companhia poderá sofrer uma multa de 20% do seu faturamento bruto de 2018, além de outras sanções disciplinares enquadradas na Lei Anticorrupção.

Relatório gratuito – Banco do Brasil: O gigante acordou

Petróleo – Os preços do petróleo sofreram expressiva redução nas negociações de hoje, em atenção aos dados econômicos da China que registraram o terceiro mês consecutivo de retração nas atividades da indústria. O petróleo Brent com vencimento para maio/2019 recuou 1,87%, sendo cotado a US$65,07 o barril, na ICE de Londres, e o petróleo WTI para abril/2019 cedeu 2,48%, sendo cotado a US$55,80 o barril, na Bolsa de Nova Iorque. No acumulado da semana, o Brent caiu 3,2% e o WTI perdeu 2,3%.

Baixe o Infográfico: 5 motivos – Por Que Investir na Bolsa Agora É Um Bom Negócio

COMPANHIAS ESTATAIS
Ativo28/0201/03Ativo28/0201/03
Petrobras (PETR3)-2,64%-2,21%Vale (VALE3)+0,58%-0,76%
Petrobras (PETR4)-0,07%-1,33%Embraer (EMBR3)-1,40%-0,63%
Eletrobras (ELET3)-5,13%-3,62%Banco do Brasil (BBAS3)-2,50%+1,40%
Eletrobras (ELET6)-4,37%-3,80%Cemig (CMIG4)-1,97%-2,36%

Relatório gratuito – Petrobras: O petróleo é nosso

SETOR BANCÁRIOSETOR SIDERÚRGICO
Ativo28/0201/03Ativo28/0201/03
Itaú Unibanco (ITUB3)-1,08%-1,11%Usiminas (USIM3)-1,67%-0,18%
Santander (SANB11)-4,14%-1,42%CSN (CSNA3)+3,15%+5,89%
Bradesco (BBDC3)-3,07%-2,93%Gerdau (GGBR4)-1,88%-0,73%

 


Sobre o autor