EmpresasHome

Com lucro superior a 450% Tarpon (TRPN3) deslancha no mercado

Por Eloiza Amaral
14 fevereiro 2019 - 14:48

Marcando lucro líquido de R$54,4 milhões no quarto trimestre, a gestora de recursos Tarpon registrou uma expansão de 1.261% comparado ao mesmo período de 2017, quando os ganhos foram de apenas R$4 milhões. O montante do ano inteiro foi de R$56,2 milhões, com crescimento de 496%.

Baixe o Infográfico: 5 motivos – Por Que Investir na Bolsa Agora É Um Bom Negócio

No momento, as ações (TRPN3) do empreendimento estão sendo bastante valorizadas na Bolsa, com alta de 0,88% a R$1,14* e provavelmente, levando em consideração os rendimentos de 2018 a Tarpon manterá os índices avançando.

Impulsionados pelas taxas de performance, os números subiram 742%, a R$ 101,0 milhões, e seguindo o fluxo, despesas gerais e administrativas aumentaram R$22,5 milhões, 324%.

Baixe o E-book O Guia Completo de Como Ter Sucesso Nas Operações de Day Trade

No último trimestre do ano, a companhia vendeu sua parte da Somos Educação e foram distribuídos recursos aos cotistas dos fundos, resultando na redução de R$3,2 bilhões nos ativos sob gestão, e no recolhimento de R$95,3 milhões em taxa de performance.

A companhia, fundada em 2002, pretende se reinventar. Após o fracasso com investimentos feitos na BRF o novo objetivo é se concentrar na gestão dos recursos dos próprios sócios.

Baixe o e-book: Desvendando o swing trade: tudo o que você precisa saber!

Em dezembro, a Tarpon anunciou que faria uma oferta pública de aquisição de ações (OPA) para sair da bolsa. Ontem, numa reunião do conselho de administração, foi concluído que caso a OPA seja finalizada o capital da empresa será reduzido em R$33,388 milhões. A proposta ainda precisa ser aprovada em assembleia geral extraordinária. Além disso, o conselho também aprovou o pagamento de R$ 52 milhões em dividendos, relativos ao resultado de 2018.

*Dados consultados 14h51 do horário de Brasília

Relatório gratuito – Banco do Brasil: O gigante acordou


Sobre o autor