HomeMercados

Com falas de Powell e Campos Neto, Ibovespa sobe e dólar fecha estável a R$3,74

Por Pablo Vinicius Souza
26 fevereiro 2019 - 18:43

Na B3, o pregão de hoje foi marcado por expectativas e cautela. O Ibovespa operou em alta desde a abertura e subiu forte após o início da sabatina de Campos Neto, no Senado. Durante o dia, o índice geral oscilou pressionado por diferentes variáveis, entretanto, manteve o bom desempenho. No fim da sessão regular, a Bolsa brasileira fechou com valorização de 0,37%, aos 97.602 pontos e um giro financeiro de R$9,019 bilhões.

Baixe o E-book O Guia Completo de Como Ter Sucesso Nas Operações de Day Trade

No exterior, os holofotes se voltaram às declarações do Jerome Powell sobre a economia norte-americana, que em sua análise, está saudável, mas enviando sinais conflitantes, o que justifica uma abordagem paciente, porém, atenta à futuras alterações nas taxas de juros. “Ao mesmo tempo em que vemos condições econômicas atuais como saudáveis e as perspectivas econômicas como favoráveis, nos últimos meses vimos algumas contracorrentes e sinais conflitantes”, comentou Powell.

Baixe o e-book: Desvendando o swing trade: tudo o que você precisa saber!

O dólar comercial encerrou com variação positiva de 0,03%, sendo cotado a R$3,74, dentro da margem de estabilidade. Depois de encostar em R$3,76 na máxima do dia, o dólar reverteu o movimento de alta e perdeu tração. Os investidores permaneceram à espera de novidades mais concretas para adotar posições mais firmes em relação ao ambiente local. A oscilação intradiária da divisa americana revela a ausência de novos catalisadores e a fatores técnicos devido à proximidade do feriado do Carnaval, na semana que vem.

Baixe o e-book: Guia completo para investimento em renda fixa

Os contratos de juros futuros fecharam em leve alta, reagindo às declarações de Roberto Campos Neto, o futuro presidente do Banco Central, durante a sabatina na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado. Neto demonstrou que dará continuidade às políticas que vêm sendo adotadas pela gestão de Ilan, enfatizando a importância da cautela para continuar estimulando a economia via redução da taxa de juros, visando driblar as questões estruturais que atrapalham o desenvolvimento.

Relatório gratuito – Petrobras: O petróleo é nosso

O DI com vencimento para setembro/2019 saltou para 6,45% (6,43% no ajuste anterior), o DI para dezembro/2021 aumentou para 7,80% (7,75% no ajuste anterior) e o DI para dezembro/2024 avançou para 8,78% (8,73% no ajuste anterior).

Relatório gratuito – Banco do Brasil: O gigante acordou

As principais blue chips encerraram com desempenhos diversos, reagindo à fatores institucionais ou à especulação externa. Entre as máximas, destacaram-se Embraer, Cemig e Gerdau e, dentre as baixas, Usiminas lidera com folga.

Santander – O Santander Brasil finalizou a aquisição completa das ações da Getnet, passando a controlar 100% da empresa que atua no segmento de cartões. As ações pertenciam originalmente à Manzat Inversiones e ao empresário Guilherme Alberto Berthier Stumpf.

Petrobras – As ações da Petrobras encerraram entre perdas e ganhos, ensaiando uma recuperação junto aos preços do petróleo. Porém, os investidores continuam receosos devido ao vazamento de óleo na Plataforma P-58, localizada na Bacia de Campos, no litoral sul do Espírito Santo e, por isso, aguardam as novidades para ajustar posições com maior exposição.

Petróleo – Os preços do petróleo se estabilizaram na sessão de hoje, com o mercado estimando que o corte de produção do produto continuará sendo realizado pelos principais produtores, apesar do alerta do presidente americano à Opep. O petróleo Brent com vencimento para maio/2019 subiu 0,69%, com cotação a US$65,36 o barril e o petróleo WTI para abril/2019 teve leve alta de 0,04%, sendo cotado a US$55,50 o barril.

COMPANHIAS ESTATAIS
Ativo25/0226/02Ativo25/0226/02
Petrobras (PETR3)-2,40%+0,03%Vale (VALE3)+0,28%+0,17%
Petrobras (PETR4)-1,58%-0,45%Embraer (EMBR3)-0,56%+1,55%
Eletrobras (ELET3)-1,43%-0,37%Banco do Brasil (BBAS3)-1,64%+0,54%
Eletrobras (ELET6)-0,83%-0,43%Cemig (CMIG4)+1,49%+0,63%

Baixe o Infográfico: 5 motivos – Por Que Investir na Bolsa Agora É Um Bom Negócio

SETOR BANCÁRIOSETOR SIDERÚRGICO
Ativo25/0226/02Ativo25/0226/02
Itaú Unibanco (ITUB3)-1,10%-0,16%Usiminas (USIM3)+2,53%-1,87%
Santander (SANB11)-1,99%-0,67%CSN (CSNA3)+5,65%+0,69%
Bradesco (BBDC3)-0,70%+0,43%Gerdau (GGBR4)+0,59%+1,38%

Sobre o autor