AçõesHome

Com crescimento econômico e queda dos juros, Brasil projeta cenário favorável para 2019

Por Fast Trade
23 outubro 2018 - 08:34
Sob o alerta de Pandemia, Ibovespa desaba e sofre 2º circuit breaker da semana

Há 5 cinco dias da definição de quem será o próximo presidente do Brasil, o mercado reage projetando um cenário favorável para 2019. A vantagem de 14 pontos percentuais que o candidato Jair Bolsonaro (PSL) apresenta sobre Fernando Haddad (PT) consolida seu favoritismo e gera boas expectativas nos investidores em relação à sua agenda de reformas e políticas neoliberais.

Diante de tal otimismo, dólar segue em queda e se mantém abaixo dos R$3,70, juros futuros recuam e oferecem um melhor ambiente para investimentos de risco. O Ibovespa permanece operando em alta, alcançando a margem dos 85 mil pontos, com desempenho puxado principalmente pela valorização das estatais. Para hoje, é esperada certa volatilidade no mercado, que embora esteja esperançoso em seu cenário doméstico, enfrenta um embate diante da negativa externa da Europa e EUA.

Economia

Já mostrando sinais de retomada do crescimento econômico, o número de empregos com carteira assinada criados em setembro alcançou o maior nível para o mês desde 2013, resultando em 137.336 novos postos de trabalho, conforme dados divulgados pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério do Trabalho.

Todas as regiões brasileiras criaram empregos, mas o Nordeste liderou o ranking com 62.177 novas vagas, seguido pelo Sudeste com 38.933, Sul com 18.063, Norte com 10.262 e Centro-Oeste com 7.901. A projeção é de que no ano que vem o país apresente um crescimento no Produto Interno Bruto (PIB) na ordem de 2,49%.

Leia também:

Calendário Econômico – Brasil 23/10/2018

Alvoroço por Bolsonaro mantém Ibovespa em alta e dólar fecha a R$3,68


Sobre o autor