Dólar e índiceHome

Com cenário político e fortalecimento do euro, dólar recua a R$3,93

Por Pablo Vinicius Souza
08 maio 2019 - 12:23

As movimentações do cenário político conseguiram conter o aumento do dólar verificado na abertura dos mercados. As expectativas pela tramitação reforma da Previdência na Comissão Especial pressionavam a divisa americana e o real brasileiro ficava entre os melhores desempenhos dentre uma cesta de 33 moedas globais.

Ás 12h10 (horário de Brasília), o dólar desvalorizava 1,01%, sendo cotado a R$3,93, próximo à mínima do dia. A expansão da produção industrial na Alemanha no primeiro trimestre fortaleceu o euro e influenciou o comportamento da moeda americana, contribuindo também para sua baixa.

Os contratos de juros futuros apresentavam redução nas taxas, com os investidores de renda fixa apostando na melhora da articulação do governo sobre a Previdência na Câmara e retirando o prêmio de risco da curva a termo.

Além disso, as atenções estão concentradas no anúncio da decisão de política monetária que será proferida pelo Banco Central hoje á tarde. Este é um momento delicado, no qual surgem as discussões sobre um possível corte na taxa básica, tendo em vista o enfraquecimento das atividades no país.

O DI com vencimento para março/2020 declinava 0,31%, com negociação a 6,50% (6,52% no ajuste anterior), o DI para junho/2023 caía 0,96%, sendo comercializado a 8,26% (8,35% no ajuste anterior) e o DI para dezembro/2027 diminuía 1,32%, sendo vendido a 8,97% (9,10% no ajuste anterior).

Leia mais:

Ibovespa sobe com “alívio” nas tensões EUA-China e Paulo Guedes na Comissão Especial


Sobre o autor