Empresas

Cogna (COGN3) reporta prejuízo e C&A (CEAB3) sobe mesmo com resultado fraco

Por Fast Trade
21 agosto 2020 - 07:30 | Atualizado em 21 agosto 2020 - 10:03

A Cogna (COGN3) divulgou seu balanço financeiro ontem (20), enquanto a C&A (CEAB3) já teve chance de reagir aos primeiros impactos do seu press release.

Baixe agora: Guia de A a Z de como se tornar um trader!

Cogna (COGN3)

Primeiramente, a Cogna (COGN3) reportou um prejuízo ajustado de R$ 139,9 milhões no segundo trimestre, revertendo assim o lucro de R$ 266 milhões do 2T19. O relatório divulgado ontem mostrou que sua receita líquida somou R$ 1,37 bilhão, declínio de 21,3% na mesma base de comparação.

Baixe agora: Dólar e Mini Dólar – Desvendando este mercado

Nesse contexto, a queda reflete principalmente as pressões de receita no ensino superior, atrelado a maior evasão dos alunos do ensino infantil e dos anos iniciais do ensino fundamental, mas também a sazonalidade de receitas do PNLD.

Para o ensino superior, vale destacar a queda do programa Fies, cuja receita regrediu 48% entre abril, maio e junho, o que pesou no desempenho.

Além disso, o Ebitda da Cogna (COGN3), que mede o resultado operacional, despencou 122,3% e findou o trimestre com um prejuízo de R$ 139 milhões.

Já a geração de caixa positiva ficou em R$ 145 milhões, impactada principalmente pela “estabilização do prazo médio de recebimento”, mas também pela “redução do capex e do recebimento da última parcela do PNLD 2020”, conforme o documento divulgado.

Baixe gratuitamente: O que ninguém conta sobre os investimentos em ações

C&A (CEAB3)

Assim como a Cogna (COGN3), o resultado da C&A (CEAB3) indicou um prejuízo líquido de R$ 192,1 milhões no 2º trimestre deste ano.

O resultado, contudo, não impediu a valorização das ações da empresa. Embora tenham reagido de forma negativa no começo do pregão, as cotações se recuperaram ao final do dia (+4,17%, a R$ 10,75 por ação).

Baixa gratuitamente o relatório especial sobre os Fundos Imobiliários

O lucro da C&A (CEAB3), que considera os efeitos IFRS 16, havia somado R$ 25,8 milhões entre abril, maio e junho do ano passado.

Ademais, a C&A reportou prejuízo de R$ 192 milhões de abril a junho na receita, revertendo o lucro de R$ 25,7 milhões do 2T19. Desse modo, a receita líquida total da empresa caiu 76,6% para R$ 294,5 milhões.

Seu Ebitda ajustado negativou em R$ 114 milhões (IFRS 16)/R$ 201,4 milhões (pró-forma).

Mesmo assim, a C&A vem recuperado as vendas após o segundo trimestre, com uma maior taxa de conversão de visitas de clientes às lojas em compras, de acordo com a direção em teleconferência com analistas para comentar os resultados.

Baixe agora: Guia completo de como ter sucesso nas operações de day trade

C&A (CEAB3) e Cogna (COGN3)

Por fim, confira o resultado da C&A (CEAB3) e Cogna (COGN3) na íntegra.

Quer ficar informado de tudo o que acontece no mercado financeiro? Então participe gratuitamente do Canal do Fast Trade no Telegram através do link: https://t.me/plataformafasttrade


Sobre o autor