EmpresasHome

Cielo desaba após Bradesco BBI rebaixar sua classificação

Por Pablo Vinicius Souza
09 janeiro 2020 - 19:53
CIEL3

As ações da Cielo (CIEL3) sofreram forte queda na B3 após o Bradesco BBI anunciar o rebaixamento de sua classificação para “underperform” (abaixo da média).

Monitorada com cautela pelos investidores, a empresa de pagamentos instantâneos vem de uma sequência de quedas, demonstrando perda de competitividade na “guerra das maquininhas”.

Após a renúncia do vice-presidente de desenvolvimento organizacional, Sérgio Saraiva Castelo Brancos de Pontes, os papéis ordinários acentuaram o movimento de declínio.

Considerando o cenário extremamente competitivo, a companhia precisou se reestruturar para melhorar os preços e retomar os níveis de crescimento no mercado.

Contudo, leva tempo até as estratégias serem efetivamente implementadas e mostrarem resultados, por isso, algumas instituições mantiveram a neutralidade, apesar do enfraquecimento dos resultados.

Segundo um levantamento realizado pela Bloomberg, dentre as principais casas de análise de ativos, três divulgaram as ações da Cielo com recomendação de compra, três recomendaram como venda e nove classificaram como manutenção.

O Bradesco BBI justificou sua revisão alegando que as estimativas de lucro líquido da companhia deverão ser reduzidas em 6% em 2020, totalizando aproximadamente R$1,02 milhão.

O banco também destacou que a renegociação de incentivos pagos aos bancos parceiros não deve resultar em grandes mudanças no cenário, já que os ganhos tendem a ser transformados em incentivos às empresas de varejo.

Outro aspecto abordado no relatório é a dependência acentuada que a Cielo mantém em relação à empresa de cartões formada em sociedade com o Banco do Brasil, a Cateno.

Em 2018, cerca de 20% da receita ajustada da operadora de pagamentos veio desta fonte, subindo para 34% em 2019 e com projeção de aumentar para 55% em 2020.

No final da sessão de hoje, as ações ordinárias CIEL3 recuaram 6,13%, fechando na cotação de R$7,35.


Sobre o autor