Mercados

Ciclo de IPOs na B3 pode ser o mais forte dos últimos 15 anos

Por Fast Trade
31 maio 2021 - 16:13 | Atualizado em 31 maio 2021 - 18:18
oferta inicial de ações

O ciclo de ofertas públicas de ações (IPO) na B3 está em trajetória de expansão e pode ser o mais forte dos últimos 15 anos. De acordo com os dados coletados pelo Centro de Estudos de Mercado de Capitais da Fipe, o número de empresas buscando abertura de capital cresceu exponencialmente.

Na visão do coordenador dos estudos, Carlos Antonio Rocca, “os dados são muito significativos e sinalizam que estamos vivendo o primeiro grande ciclo de IPOs na Bolsa desde os anos 2006/2007”.

Isto porque, no período mencionado, 91 companhias abriram o capital na B3 e, em um intervalo de 12 anos (entre 2008 e 2019), apenas 60 empresas protocolaram ofertas de ações.

No entanto, de janeiro de 2020 até maio de 2021, a Bolsa brasileira ganhou o mesmo número de novos integrantes, exatamente 60 empresas.

Guia completo para obter sucesso na Bolsa de Valores

A atual conjuntura macroeconômica e diversos outros fatores contribuíram para este momento de grande demanda por ofertas públicas.

“A atratividade da bolsa para as empresas se deve à queda dos juros. Na hora que elas consultam os bancos para fazer a operação, percebem que o custo do capital próprio caiu muito” – explicou Rocca.

Nesse sentido, o diretor do Bradesco BBI, Felipe Thut, avaliou que este será um ano recorde para as operações de IPO no país.

“Há grande possibilidade de superar os 64 IPOs de 2007. Estamos fechando maio com 31 dessas ofertas concluídas” – disse o executivo. Desse modo, o banco projeta mais R$33 bilhões em ofertas, que levarão o total anual arrecadado a R$105 bilhões, entre IPOs e ofertas subsequentes.

O aumento da Selic x as ofertas públicas na B3

Na análise de Thut, ainda que o Banco Central tenha retomado o ciclo de altas na taxa Selic, este não será um obstáculo a esta janela de operações. Acima de tudo, a taxa básica em um patamar de até 5,5% este ano representa um juro real em torno de 1%, o que ainda é muito baixo.

Da mesma forma, tomando como base uma perspectiva muito conservadora, o Ibovespa deve chegar aos 140 mil no final deste ano. Para 2021, é provável que o índice geral alcance o nível de 160 mil.

Relatório Especial: Tudo o que você precisa saber sobre Fundos Imobiliários

Como resultado, existe um potencial de valorização muito maior na Bolsa do que na renda fixa, o que tende a manter a renda variável mais atraente, segundo avaliou o diretor.

Quer ficar informado de todas as novidades do mercado financeiro? Então participe do Canal do Fast Trade no Telegram acessando o link: https://t.me/plataformafasttrade

Ciclo de IPOs na B3 pode ser o mais forte dos últimos 15 anos

Leia também:

Proventos distribuídos por grandes bancos atingiu o quarto maior volume no 1º trimestre

Indicadores econômicos (PIB, Payroll) política e outros destaques da semana

Presidente da Câmara diz que é preciso agir para superar a crise por meio das reformas


Sobre o autor