Agronegócio

China amplia compras e exportação de carne suína do Brasil cresce 35,1% em abril

Por Fast Trade
12 maio 2021 - 07:00 | Atualizado em 12 maio 2021 - 07:41
balança comercial brasileira; exportação

A exportação de carne suína do Brasil totalizou 98,3 mil toneladas em abril, alta de 35,1% ante o mesmo período de 2020.

De acordo com a Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), o resultado foi impulsionado principalmente pelas vendas para nações da África, América e Ásia.

Como resultado, a receita advinda dos embarques totalizou US$ 232,3 milhões, montante que supera em 40,6% a receita de abril do ano passado.

Nesse sentido, estão sendo considerados tanto os produtos in natura quanto os processados.

+ Calendário do Trader 2021

Respondendo pela compra de 51,5 mil toneladas de carne suína no período, a China ampliou suas aquisições em 50,5% no período.

O volume destinado à maior compradora de carne suína do Brasil não considera os embarques com destino a Hong Kong.

Hong Kong, por sua vez, comprou 14,6 mil toneladas em abril, volume que equivale a um avanço de 4,9% na comparação anual.

Conforme destacou em nota o presidente da ABPA, Ricardo Santin, foi possível observar ainda um aumento das exportações para mercados vizinhos ao Brasil.

Isso porque, segundo o levantamento da associação, abril marcou uma disparada nos embarques para o Chile (+130,9%) e para a Argentina (+84,3%).

Ele ainda destacou que o bom desempenho desses embarques reduzem perdas “e melhoram o quadro para as indústrias que atuam no mercado internacional”.

O setor tem sido pressionado pelos custos internos de produção, sobretudo pelos altos preços do milho e da soja, uma vez que ambos são utilizados como ração animal.

Desse modo, o resultado de abril ampliou as exportações de carne suína para 351,8 mil toneladas (+25,29% A/A).

Assim também, a receita subiu 27,1% na passagem do quadrimestre de 2020 para o mesmo período do ano corrente, para US$ 826,4 milhões.

Frango

Por fim, a ABPA relatou que a exportação brasileira de carne de frango (in natura e processada) aumentou 15,3% na comparação anual de abril.

No total, o país vendeu 395,7 mil toneladas, com destaque para a retomada de mercados como o México, mas também para o crescimento dos patamares de compras da Rússia.

Assim, a receita dos embarques somaram US$ 610 milhões (+18,2% A/A), o melhor desempenho em 16 meses, segundo a ABPA.

+ Clube De Investimentos Tudo Que Você Precisa Saber

Leia também: Ibovespa fecha na máxima desde janeiro apoiado pelo rali das commodities

Quer ficar informado de todas as novidades do mercado financeiro? Então participe do Canal do Fast Trade no Telegram através do link: https://t.me/plataformafasttrade.

 


Sobre o autor