Dólar e índiceHome

Cenário político pressiona e dólar fecha a R$4,10

Por Pablo Vinicius Souza
20 maio 2019 - 18:26

Depois de ter valorizado 3,90% na semana anterior, o dólar sentiu dificuldade em engatar um movimento de recuperação mais efetivo neste pregão.

O cenário político limitou o desempenho da divisa americana, levando o real a operar em sentido contrário aos seus pares emergentes no exterior, como o peso mexicano, o rublo russo e a lira turca.

Nem mesmo o leilão de linha realizado pelo Banco Central foi capaz de influenciar o dólar comercial, que oscilou o dia inteiro próximo à estabilidade e fechou em leve alta de 0,10%, sendo cotado a R$4,10.

Os contratos de juros futuros encerram com redução nas taxas ao longo de toda a curva a termo, embora a queda ainda não seja suficiente para anular os ganhos percebidos nos últimos dias.

No radar estão as incertezas sobre o relacionamento entre governo e Congresso e os indicadores macroeconômicos que seguem mostrando a lentidão da retomada do crescimento.

O DI dezembro/2019 declinou para 6,43% (6,46% no ajuste anterior), o DI março/2023 recuou para 8,29% (8,38% no ajuste anterior) e o DI dezembro/2026 caiu para 9,11% (9,25% no ajuste anterior).

Leia mais:

Ibovespa acelera os ganhos e dispara mais de 2% após novidades no cenário político

Noticiário Corporativo: Petrobras (PETR4)

Variações nas Commodities: Petróleo

 

 


Sobre o autor