HomeMercados

Calendário econômico: Boletim Focus, PMIs da zona do euro; produção industrial chinesa

Por Bruna Santos
16 dezembro 2019 - 11:02
Petróleo_EUA_China

A segunda metade do último mês de 2019 será marcada pelo calendário econômico nacional e globais, entre eles, as vendas de moradias na China.

O indicador avançou 10,7% nos 11 primeiros meses do ano ante igual período de 2018, conforme dados do Escritório Nacional de Estatísticas (NBS, na sigla em inglês) do país.

De acordo com o Estadão, esse resultado revela leve desaceleração no setor imobiliário local, levando em consideração que, entre janeiro e outubro, o mesmo indicador acumulou ganho anual de 10,8%.

Além disso, o NBS revelou que a produção industrial chinesa subiu 6,2% em novembro frente igual mês do ano passado.

O resultado não apenas mostrou força em relação ao aumento de 4,7% verificado em outubro, mas também superou a expectativa de 15 analistas consultados pelo The Wall Street Journal, que previam acréscimo de 5% para o indicador.

Também na China, as vendas no varejo cresceram 8% na comparação anual de novembro.

Com isso, o índice superou o ganho de 7,2% (outubro), assim como a projeção do mercado, de avanço de 7,6%.

Os investimentos em ativos fixos em áreas urbanas na região chinesa saltaram 5,2% na comparação anual entre janeiro e novembro.

Nos Estados Unidos, o calendário econômico desta semana engloba atualizações sobre produção industrial, habitação, sentimento do consumidor, renda e gastos pessoais, assim como um outro olhar sobre o PIB do terceiro trimestre.

Na zona do euro, a Alemanha divulga nesta segunda-feira (16) as leituras antecipadas dos PMIs para novembro.

Por aqui, os destaques são a publicação do tradicional Boletim Focus, pelo Banco Central, seguido do IPC-S bem como o IGP-10, ambos pela FGV.


Sobre o autor