EmpresasHome

Caixa pode devolver até R$ 20 bi ao Tesouro

Por Pablo Vinicius Souza
25 junho 2019 - 10:38

Após prejuízo de R$ 1,1 bilhão no último trimestre de 2018, .

O resultado representa um crescimento de 23% ante ao mesmo período do ano passado.

“A Caixa conseguiu prometer e cumprir muitas coisas em seis meses”, disse Pedro Guimarães, presidente da Caixa.

“O resultado no primeiro trimestre foi uma surpresa positiva: eu não esperava algo tão forte”, completou com sinceridade.

Em função do resultado positivo, a instituição reforçou a devolutiva antecipada de recursos tomados com o Tesouro Nacional.

Até o presente momento, a Caixa devolveu R$ 3 bilhões à União no início de junho.

Agora, a instituição já se programa para efetuar o pagamento de R$ 7 bilhões até o fim do próximo mês.

De acordo com Guimarães, é possível devolver os R$ 20 bilhões ainda este ano, mesmo sem a venda de ativos.

“Se fizermos a abertura de capital neste ano, poderemos pagar inclusive mais que R$ 20 bilhões”, informou ele.

Outro aceno positivo da instituição foi a redução nas despesas com publicidade e patrocínios.

Após gastar R$ 1,1 bilhão em 2018, Guimarães informou que os gastos do banco com as duas rubricas somaram apenas R$ 14 milhões no primeiro trimestre deste ano.

“Estamos reduzindo em 98% os gastos com publicidade e patrocínio”, afirmou.

Guimarães, indicado ao cargo pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, havia sinalizado no início de seu mandado que seria mais duro nas negociações dos contratos em várias áreas, incluindo gastos com segurança, bem como na redução de desembolsos com patrocínio e publicidade.


Sobre o autor