Empresas

brMalls recusa a proposta de fusão da Aliansce Sonae

Por TradersClub
14 janeiro 2022 - 10:03 | Atualizado em 14 janeiro 2022 - 11:27
brMalls recusa proposta de fusão da Aliansce Sonae

A brMalls informou em fato relevante que recusou a proposta não-vinculante da administradora de shoppings Aliansce Sonae de “fusão de iguais”.

Segundo a companhia, o conselho administrativo decidiu, por unanimidade, não aceitar “por entender que a referida proposta subavalia, consideravelmente, o valor econômico justo da brMalls e de seu portfólio de ativos e, portanto, não atende aos melhores interesses dos acionistas”.

A proposta previa pagamento de R$1,35 bilhão em dinheiro à brMalls, que deteria 50% da nova empresa. A relação de troca representaria prêmio de 13% sobre o múltiplo de valor de mercado sobre EBITDA – lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização – da Aliansce.

A operação criaria a maior operadora de shopping centers da América Latina, com 69 estabelecimentos no portfólio. Confira a seguir outras notícias corporativas que podem mexer com o pregão da bolsa na B3 nesta sexta-feira.

+ Radar do Trader: dados do varejo, produção industrial norte-americana e balanços 4T21

Minerva

O conselho da exportadora de carne bovina autorizou o início de estudos para avaliar a migração da base acionária da companhia para o exterior, com eventual listagem no mercado estrangeiro.

Vale

A mineradora acionou o protocolo nível 2 de emergência para a barragem na mina de Fábrica, em Ouro Preto, e o nível 1 para um dique da mina de Água Limpa, em Rio Piracicaba, após chuvas atingirem ambas as cidades mineiras.

A Vale descarta impacto na produção, ressaltando que também não há pessoas nas zonas de auto salvamento dos locais. Tanto o nível 1 quanto o nível 2 de emergência não implicam em risco de ruptura iminente.

Rede D’Or

A operadora de hospitais e a família Bueno de Godoy, controladora da Dasa, avaliam disputar o controle da Amil, informou coluna do Broadcast. Segundo apuração do Scoop by Mover, a Amil, atualmente controlada pelo grupo americano UnitedHealth, tem necessidade de capitalizar R$1 bilhão. Rede D’Or e Dasa não comentaram sobre as especulações.

Log-In

A SAS Shipping, subsidiária da MSC, pagou R$25,00 por ação da Log-In em leilão da oferta pública de aquisição da companhia realizado ontem, desembolsando um total de R$1,75 bilhão por 67,6% da Log-In, que fechará seu capital. A liquidação da oferta será realizada em 20 de janeiro.

Cyrela

Os lançamentos da companhia no quarto trimestre, período marcado pela deterioração das condições macroeconômicas, caíram 11,1% na comparação anual, atingindo valor geral de vendas de R$2,55 bilhões.

As vendas contratadas recuaram 15,4% na mesma base comparativa, totalizando R$1,57 bilhão. No acumulado do ano, os lançamentos subiram 21,6% em relação a 2020, e as vendas avançaram 12,2%.

Latam

A companhia aérea liderou o segmento de voos comerciais no Brasil pelo quarto mês seguido em dezembro, com 36% de participação de mercado, segundo dados da Agência Nacional de Aviação Civil, Anac, obtidos em primeira mão pelo Scoop.

Omega Energia

Acionistas minoritários entraram na Justiça para pedir a suspensão das negociações das ações da empresa, que começaram a ser operadas na B3 em 28 de dezembro, de acordo com documentos aos quais o Scoop teve acesso.

Copel

A companhia de energia elétrica avalia a compra da Rio Energy, avaliada em R$5 bilhões, informa coluna do Broadcast citando fontes. Em 20 de dezembro, o Scoop by Mover informou que, além da companhia paranaense, a Eneva e a Equinor também estavam avaliando adquirir a empresa.

Camil

A fabricante de alimentos reportou lucro líquido de R$120,5 milhões no seu terceiro trimestre fiscal, queda de 6,9% na base anual. A receita líquida, entretanto, subiu 14% na mesma base comparativa, a R$2,27 bilhões, enquanto o EBITDA recuou 15,3%, para R$200,7 milhões.

Suzano

O conselho da produtora de celulose aprovou pagamento de dividendos intermediários no valor de R$211,2 milhões, correspondentes a R$1,156 por ação ordinária.

Lavvi

A incorporadora registrou lançamentos de R$1,24 bilhão em 2021, 150,40% superior na base anual. As vendas líquidas saltaram 120%, para R$942 milhões, ante 2020. Já as vendas sobre oferta, VSO consolidada, avançaram 2 pontos percentuais, a 63%.

Ser Educacional

A empresa aprovou programa de recompra de até 4,94 milhões de ações ordinárias em 12 meses, equivalentes a 9,09% dos papéis em circulação.

Banco Pan

O GIC, de Singapura, passou a deter 4,98% das ações preferenciais da fintech. Em adição, o BTG Pactual passou a deter 40,62% dessa classe de ações, atingindo participação total de 73,02% no banco, disse em comunicado.

Espaçolaser

A companhia informou que Squadra investimentos zerou a posição detida em ações de sua emissão.

Eletrobras

A elétrica informou que Armando Araújo renunciou ao seu cargo no conselho de administração da companhia.

brMalls recusa proposta de fusão da Aliansce Sonae

Leia também:

Radar do Trader: dados do varejo, produção industrial norte-americana e balanços do 4T21

Klabin e Heineken formam parceria para criação de território 100% circular

Camil Alimentos registra lucro líquido de R$ 120,5 milhões no 3T21, queda de 6,9%


Sobre o autor