Mercados

BRENT: Petróleo dispara 10% com esperança acordo Arábia Saudita-Rússia, China

Por TradersClub
02 abril 2020 - 10:16 | Atualizado em 02 abril 2020 - 10:16
Petróleo

Os preços do petróleo disparam nesta quinta-feira depois que o presidente americano Donald Trump expressou otimismo de que a guerra de preços entre a Arábia Saudita e a Rússia pode ser resolvida e após notícia de que a China está elevando seus estoques. Perto das 09h15, o petróleo Brent subia 10,75% a US$27,37 o barril, enquanto o WTI negociava em US$22,41, alta de 10,41%. Na Europa, as ações das petrolíferas Repsol e ENI subiram 5,36% e 7,92% no mesmo horário.

Anima a fala de Trump de que vê acordo para fim da guerra de preços entre Arábia Saudita e Rússia e de ele que vai se reunir com os principais executivos da indústria de petróleo, que o Wall Street Journal informou que acontecerá amanhã. “Confio em ambos que eles serão capazes de resolver isso”, disse Trump ontem em uma coletiva de imprensa da Casa Branca.

Mais cedo, a agência Bloomberg News informou que o governo chinês ordenou que todas as petrolíferas estatais começassem a encher as suas reservas ao máximo, para tirar proveito do nível atual dos preços da matéria-prima, que desvalorizou mais de 60% neste ano. A guerra de preços e a queda da demanda por conta das restrições para evitar a propagação do coronavírus fizeram a cotação dos petróleos WTI e Brent despencarem 66,5% e 65,6%, respectivamente, no primeiro trimestre, a maior perda percentual na história. (Bárbara Leite/GPB)


Sobre o autor