EconomiaHome

Brasil ocupa 38º posição em lista de 43 países após recuo do PIB; recuperação é lenta

Por Pablo Vinicius Souza
31 maio 2019 - 09:48

contração de 0,2% do PIB brasileiro concedeu ao Brasil a 38º posição em uma lista de 43 países, elaborada pela consultoria Austin Rating.

Essa listagem indica um empate com o México, colocando o Brasil acima de Letônia, Coreia do Sul, Indonésia e Nigéria.

De acordo com reportagem da Folha de S. Paulo, a consultoria AC Pastore, do ex-presidente do Banco Central, Affonso Celso Pastore, realizou um outro estudo.

Neste, o indicativo é que a recuperação brasileira está mais lenta do que o observado em outros países que enfrentaram grandes recessões.

No trimestre, o desempenho da economia brasileira ficou bem abaixo do crescimento médio dos países selecionados pela Austin Rating (2,3%).

Segundo a listagem, o país que mais cresceu foi a Cingapura, com consideráveis 3,8%.

Com o declínio da economia brasileira, a expectativa é que o Brasil encerre o ano em posição ainda inferior (40º).

Segundo o último boletim Focus, no entanto, o Brasil pode ocupar a 37º posição.

Leia mais:

Reforma da Previdência: emendas mais que dobram no último dia e totalizam 276

“A economia está parada à espera das reformas”, afirma Guedes sobre retração da economia

AGU defende desinvestimentos da Petrobras sem aval, mas julgamento é suspenso

BRF e Marfrig anunciam fusão e querem criar uma gigante global de carnes


Sobre o autor