Agronegócio

Brasil está habilitado e vai exportar carne bovina para a Tailândia

Por Bruna Santos
27 maio 2020 - 07:45 | Atualizado em 27 maio 2020 - 07:24

Os três maiores frigoríficos exportadores de carne bovina do Brasil, JBS (JBSS3), Marfrig Global Foods (MRFG3) e Minerva Foods (BEEF3), estão entre as cinco companhias recém habilitadas pela Tailândia para embarcar a proteína ao país.

De acordo com a Reuters, a Minerva confirmou a habilitação na véspera (26) para a sua unidade de Palmeiras de Goiás (GO).

“Com uma população de aproximadamente 70 milhões de habitantes, a Tailândia figura entre os principais mercados do sudeste asiático, e sua abertura para a carne bovina brasileira configura mais uma oportunidade para o crescimento de nossas exportações”, disse o comunicado da Minerva.

A planta da unidade é a maior da empresa no Brasil, com capacidade diária de abate de 2.000 cabeças por dia. Expandir as vendas externas fazia parte dos planos da Minerva para o segundo trimestre de 2020, conforme dito pelo CFO da companhia, Edison Ticle.

No caso da Marfrig, a unidade habilitada para exportar carne bovina para o país do Sudeste Asiático está situada Ji-Paraná (RO), segundo a empresa.

Assim também, a JBS foi habilitada. De acordo com uma fonte que falou na condição de anonimato, a unidade está localizada em Campo Grande (MS).

Segundo o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), a abertura do mercado tailandês receberá a importação de carne bovina com osso, carne desossada e miúdos comestíveis de bovino.

Apenas em 2019, a Tailândia importou aproximadamente US$ 90 milhões em carne bovina, de acordo com os levantamentos do Ministério.

A decisão foi comemorada como uma boa notícia para o agro brasileiro pela ministra da Agricultura, Tereza Cristina. Recentemente, ela já havia anunciado a abertura do mercado da Tailândia para os lácteos.

Por fim, as outras companhias também aprovadas para exportar carne bovina ao país asiático são a Frialto e a Masterboi, conforme o documento visto pela Reuters.


Sobre o autor