HomeMercados

Exportação de petróleo: Brasil bate recorde em dezembro e avança 9% em 2019

Por Bruna Santos
03 janeiro 2020 - 09:28
exportação de petróleo

O Brasil bateu novo recorde em exportação de petróleo após registrar mais que o dobro contabilizado em novembro. De acordo com dados da Secretaria de Comércio Exterior (Secex), o país exportou 8,72 milhões de toneladas em dezembro.

Em contrapartida, foram 4,22 milhões na comparação anual do mês com 2018 e outros 3,77 milhões de toneladas em novembro. Anteriormente, o recorde mensal em exportação de petróleo foi registrado em 07/2018, quando o Brasil exportou 8,098 milhões de toneladas.

No acumulado de 2018, a exportação da commoditie pelo Brasil bateu a marca de 64,6 milhões de toneladas, frente a 59,2 milhões contabilizados em 2018. Os números representam um avanço anual de 9%, conforme publicado pela Secex. Agora, analistas assim como o governo federal especulam que as vendas externas permanecerão em crescimento nos próximos meses e anos.

Há chances, inclusive, de que o Brasil se torne um dos cinco maiores produtores globais de petróleo, diante de um avanço expressivo percebido na produção nos campos do pré-sal, afinal, “conforme avança a produção do pré-sal… e como o nosso refino está estável, a tendência é que a gente vá sequencialmente agora, mês após mês, batendo recorde de exportação”, afirmou o chefe da área de óleo e gás da consultoria INTL FCStone, Thadeu Silva.

O especialista prevê uma adição de produção de, aproximadamente, 200 mil barris de petróleo por dia (bpd) até 06/2020. Além disso, para os próximos anos, pontuou Silva, outros grandes projetos deverão entrar em operação, inclusive liderados por empresas estrangeiras.

“Nos próximos três anos vamos nos acostumar a ver recordes de exportação de petróleo”, ressaltou ele. Por fim, o diretor-geral da Agência Nacional do PetróleoGás Natural e Biocombustíveis (ANP) destacou à Reuters que o aumento da produção do petróleo pode ser atribuído às medidas adotadas para assegurar a retomada do setor.

Leia mais:

Bolsa deve ter ofertas de R$ 30 bilhões no início de 2020; exportação de petróleo e outros

Indicadores econômicos: IPC-S; pedidos de auxílio-desemprego; atividade econômica chilena

 


Sobre o autor