HomePolítica

Bolsonaro quer presidir até 2026

Por Pablo Vinicius Souza
08 julho 2019 - 10:17
velha política

Bolsonaro quer presidir até 2026, sinalizou o mesmo ao reafirmar uma possível reeleição para entregar um País “muito melhor” posteriormente.

A ação contradiz sua promessa de campanha, quando pretendia por meio da reforma política acabar com o instituto da reeleição.

“Começa comigo caso seja eleito”, disparou enquanto ainda candidato.

Ele já havia sinalizado a possibilidade de reeleição “se não tiver uma boa reforma política, e se o povo quiser”.

Bolsonaro disse ainda que “em seis meses de governo, nenhuma acusação de corrupção” pairou sobre sua gestão no Planalto.

Eleito em 2018, o mandato de Bolsonaro acaba em 2022.

Para presidir até 2026, o atual presidente da República pode vir a concorrer com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia.

Maia reforçou sua equipe de comunicação digital, mas também destaca uma agenda não apenas econômica, contrapondo Bolsonaro, como também social.

Ontem, Bolsonaro testou sua popularidade ao participar da final da Copa América de Futebol, no estádio do Maracanã.

Ao seu lado, estava o ministro da Justiça, Sergio Moro, além do ministro da Economia, Paulo Guedes e comitiva.

Quando anunciado no telão, o presidente ouviu misto de fortes vaias e aplausos, assim como durante a entrega de medalhas.

Leia mais:

Indicadores econômicos: IPCA; boletim Focus do Banco Central; balança comercial e mais

Reforma da Previdência pode somar 330 votos favoráveis no 1º turno

Gol atualiza investidores com projeção de resultados positivos para o 2º trimestre


Sobre o autor