Política

Bolsonaro avalia zerar os impostos federais do diesel a partir de 2022

Por Fast Trade
06 agosto 2021 - 17:06 | Atualizado em 06 agosto 2021 - 18:44

O presidente Jair Bolsonaro está considerando zerar os impostos federais que incidem sobre o diesel a partir do ano que vem. Desse modo, o líder do Planalto pretende atender às reinvindicações dos caminhoneiros, que questionam os preços dos combustíveis.

“Sabemos que o combustível está um preço, no meu entender, caro. Temos que buscar reduzir o máximo possível. Eu não gosto de falar em promessas, mas eu gostaria de zerar os impostos federais do diesel a partir do ano que vem. Gostaria de me empenhar sobre isso” – disse Bolsonaro.

Nesse sentido, o presidente ainda avaliou como absurdos os preços praticados no Brasil, sendo R$1,90 o preço por litro na refinaria e R$6,00 para o consumidor.

+ Ebook: O que ninguém conta sobre os investimentos em ações

Durante o mês de março, Bolsonaro decretou a suspensão da cobrança do PIS/Cofins sobre o diesel por dois meses, após o combustível passar por diversos reajustes.

Além disso, em julho, o presidente afirmou que haverá uma redução quatro centavos no PIS-Cofins incidente sobre o litro, passando a R$0,27.

“O transporte está na alma da nossa economia. Se encarece muito, o preço é sofrido nas prateleiras. É uma classe grande a dos caminhoneiros, que não parou na pandemia e que devemos a eles, assim como ao agronegócio e outros setores, a vida da nossa economia” – afirmou o presidente.

Plano alternativo para a redução dos preços

Bolsonaro ainda disse que está negociando com o Congresso para criar uma lei em que os estados possam fixar um valor nominal para o ICMS.

+ Guia de A a Z de como se tornar um trader

Com isso, a expectativa é que não haja disparidades entre os preços nas diferentes regiões do país, assumindo um certo padrão em todo o território.

Quer ficar informado de todas as novidades sobre o mercado financeiro? Então participe do Canal do Fast Trade no Telegram através do link: https://t.me/plataformafasttrade

Bolsonaro avalia zerar os impostos federais do diesel no ano que vem

Leia também:

A Vale deve pagar dividendos além dos anunciados, avalia o Credit Suisse

Bitcoin avança aos US$42 mil com alta demanda no mercado de criptomoedas

Bolsa brasileira avança com Payroll e divergências entre os poderes; dólar sobe


Sobre o autor