Política

Bolsonaro avalia aumentar Bolsa Família em até 50% do valor atual

Por Fast Trade
17 junho 2021 - 16:04 | Atualizado em 17 junho 2021 - 16:50

O presidente Jair Bolsonaro informou que o governo avalia aumentar o valor médio Bolsa Família em até 50% do valor do benefício atualmente em concessão.

Nesse sentido, o auxílio planejado pela equipe econômica é de R$250, mas o presidente deseja elevar a quantia para R$300 e dar início aos pagamentos reajustados já a partir de dezembro.

Como justificativa, o chefe do Planalto disse que a inflação aumentou os preços dos principais alimentos, sobretudo, após a “pandemia do fique em casa”.

Vale lembrar que o custo do benefício proposto pela equipe econômica ficaria dentro do teto de gastos e não exigiria o corte de outros programas sociais. No entanto, Bolsonaro voltou a defender o aumento deste valor.

Atualmente, o valor médio do benefício é de R$190 mensal, variando de acordo com o tamanho da família. Nesse contexto, a idade das crianças também é relevante.

+ Guia de A a Z de como se tornar um trader

Desse modo, o plano da equipe econômica era iniciar os pagamentos em novembro com o valor reajustado para 250 reais, uma vez que a proposta está dentro do orçamento.

Agora, o cenário é de dúvida por não se saber ainda de onde sairão os recursos para atender ao pedido do presidente. Isto porque, esta será uma briga que ele está disposto a comprar, considerando que 2022 será ano eleitoral e a sua popularidade está em queda.

Por fim, uma fonte ouvida pela Reuters disse que há propostas de cortes outros programas sociais existentes para cobrir os gastos com as despesas para aumentar o benefício. No entanto, ainda não há nenhuma decisão definitiva por parte do ministro Paulo Guedes.

Quer ficar informado de todas as novidades do mercado financeiro? Então participe do Canal do Fast Trade no Telegram através do link: https://t.me/plataformafasttrade

Bolsonaro avalia aumentar Bolsa Família em até 50% do valor atual

Leia também:

BDRs dos setores financeiro e de commodities oferecem rendimentos acima da Selic

Bolsa brasileira oscila em queda seguindo a tônica internacional; dólar cai

Herdeiros da Sadia se posicionam a favor do avanço da Marfrig na BRF


Sobre o autor