HomeMercados

Bolsas da Europa fecham mistas com boatos de novas negociações entre EUA e China

Por Eloiza Amaral
28 março 2019 - 16:50

Boatos de que a China teria feito ofertas de negociação inéditas aos Estados Unidos causaram certo otimismo no pregão das bolsas da Europa nesta quinta feira (28). No entanto, como alguns indicadores da região estão abaixo do esperado os resultados não apresentaram um único caminho de altas ou baixas.

O índice pan-europeu Stoxx 600 teve queda de 0,12% e fechou o dia com 376,84 pontos. Em Londres, o FTSE 100 ganhou 0,56% e registrou 7.234,33 pontos e o francês CAC 40 marcou baixa de 0,09% a 5.296,54 pontos.

E-book: Guia completo e definitivo da Previdência Privada

Após o bom resultado de ontem, o FTSE Mib, de Milão, caiu 0,53%, marcando 21.080,97 pontos. O espanhol Ibex 35, de Madri, também recuou 0,60%, a 9.174,70 pontos, enquanto o PSI 20, em Lisboa, ganhou 0,17%, com 5.177,40 pontos. Em Bruxelas, o BEL 20 teve um declínio de 0,37% indo a 3.601,07 pontos e o DAX, em Frankfurt, alavancou 0,08%, depois de ter ficado estável ontem, a 11.428,16 pontos.

Na manhã de hoje, um rumor de que a China retomou em Pequim novas propostas nas negociações comerciais com os EUA começou a correr pelas praças de negócio da Europa. Os negócios ficaram aquecidos com a informação de que um dos pontos abordados por negociadores asiáticos teria sido relacionado à transferência de tecnologia, uma das principais questões de impasse bilateral.

Em contrapartida, os traders também ficaram de olho na queda do índice que mede o sentimento econômico da zona do euro, através da confiança de setores corporativos e dos consumidores, que registrou o menor nível desde outubro de 2016, segundo dados divulgados pela Comissão Europeia. Além disso, o índice de preços ao consumidor da Alemanha teve um pequeno avanço na comparação mensal e anual do mês de março.

O jornal britânico Financial Times publicou que o Deutsche Bank considera fazer um aumento de capital de até 10 bilhões de euros como parte de uma fusão que possivelmente acontecerá com o concorrente Commerzbank, e o episódio levou a quedas das ações do maior banco da Alemanha.

Manual do Imposto de Renda para Investidores

Na Inglaterra, a libra está caindo e impulsionado a subida da bolsa de Londres, esperando por direcionamentos concretos do divórcio entre o Reino Unido e a União Europeia.

Andrea Leadsom, líder da Câmara dos Comuns do Reino Unido, confirmou que haverá um debate na próxima sexta-feira (29), no Parlamento para tratar do projeto de lei relativo ao Brexit, mas não deixou claro se uma nova votação será realizada sobre o acordo completo negociado pela primeira-ministra Theresa May com a União Europeia (UE).

CidadeÍndice27/0328/03
Toda a EuropaStoxx 600-0,02%-0,12%
FrankfurtDAX0,0%+0,08%
LondresFTSE 100-0,03%+0,56%
ParisCAC 40-0,12%-0,09%
MilãoFTSE Mib+0,26%-0,53%
MadriIBEX 35+0,51%-0,60%
BruxelasBEL 20+0,64%-0,37%
LisboaPSI 20+0,46%+0,17%

Sobre o autor