HomeMercados

Bolsas da Europa fecham em queda com tensões renovadas entre Estados Unidos e China

Por Eloiza Amaral
02 agosto 2019 - 15:56
Bolsas da Europa fecham em alta com indicadores otimistas da China e da zona do euro

As Bolsas da Europa fecharam o pregão desta sexta feira (2) em queda. O otimismo com o avanço das negociações entre os Estados e a China foi por água abaixo após o presidente americano Donald Trump anunciar a aplicação de novas tarifas sobre produtos do país asiático.

O índice pan-europeu Stoxx 600 registrou baixa de 2,46% a 378,14 pontos. O FTSE 100 de Londres foi a 7.407,06 pontos, com recuo de 2,34%. O alemão DAX 30 de Frankfurt marcou queda de 3,11%, com 11.872,44 pontos.

Na França, o CAC 40 de Paris, teve declínio de 3,57% a 5.359,00 pontos, e o FTSE Mib de Milão contraiu 2,41%, a 21.046,86 pontos. Em Madri, o índice espanhol IBEX 35 perdeu 1,56% terminando o dia com 8.897,60 pontos, enquanto o BEL 20 de Bruxelas perdeu 3,14% indo a 3.613,00 pontos. Por fim, o lisbonense PSI 20 ficou com menos 2,19% e 4.903,80 pontos.

O Donald Trump anunciou ontem a aplicação de tarifas de 10%, sobre US$ 300 bilhões de produtos importados da China. A medida começará a valer a partir do dia 1º de setembro.

A explicação dada pelo presidente americano é que o presidente chinês, Xi Jinping, “não está agindo rápido o bastante” nas negociações. A jornalistas, Trump afirmou que as tarifas serão temporárias, mas que podem ser elevadas gradualmente até 25%.

Dados da zona do euro também impactaram no pregão. A inflação medida pelo índice de preços ao produtor (PPI) da região recuou mais do que o esperado entre maio e junho, mesmo as vendas no varejo tendo avançado acima das previsões de analistas de mesmo período.

“O anúncio das tarifas e a crescente probabilidade de um Brexit sem acordo continuarão a agravar a situação europeia, provavelmente impedindo qualquer recuperação significativa no segundo semestre do ano”, sugere Angel Talavera, da Oxford Economics.

A Europa ainda está com expectativa para o resultado da votação que irá nomear o candidato da UE para a direção-geral do Fundo Monetário Internacional (FMI), que ocorre nesta sexta-feira.

CidadeÍndice01/0802/08
Toda a EuropaStoxx 600+0,42%-2,46%
FrankfurtDAX 30+0,53%-3,11%
LondresFTSE 100-0,03%-2,34%
ParisCAC 40+0,70%-3,57%
MilãoFTSE Mib+0,79%-2,41%
MadriIBEX 35+0,75%-1,56%
BruxelasBEL 20+0,77%-3,14%
LisboaPSI 20+0,05%-2,19%

Sobre o autor