HomeMercados

Bolsas da Europa fecham em queda com falta de detalhes em fala de Draghi e decisão do BCE

Por Eloiza Amaral
25 julho 2019 - 15:39

As bolsas da Europa fecharam o pregão desta quinta feira (25), em queda. As praças chegaram a subir no início do dia com sinalização do Banco Centro Europeu de um possível corte nas taxas de juros em setembro, mas falas de Draghi interromperam o movimento.

O índice pan-europeu Stoxx 600 registrou baixa de 0,56% a 389,52 pontos. O FTSE 100 de Londres foi a 7.489,05 pontos, com recuo de 0,17%. O alemão DAX 30 de Frankfurt marcou queda de 1,28%, com 12.362,10 pontos.

Na França, o CAC 40 de Paris, teve declínio de 0,50% a 5.578,05 pontos, e o FTSE Mib de Milão contraiu 0,80%, a 21.903,29 pontos. Em Madri, o índice espanhol IBEX 35 perdeu 0,43% terminando o dia com 9.289,90 pontos, enquanto o BEL 20 de Bruxelas ganhou 0,23% indo a 3.735,16 pontos. Por fim, o lisbonense PSI 20 ficou com menos 0,43% e 5.180,80 pontos.

O BCE decidiu manter as taxas de juros no patamar atual, mas alterou seu guidance, esperando um cenário de juros mais baixos até 2020, reforçando a preocupação com as medidas de inflação, que vêm sendo registradas e projetadas abaixo da meta.

O órgão também informou que acionou comitês do sistema do euro para avaliar opções como a retomada do programa de relaxamento quantitativo, fazer o desenho de um sistema de camadas para remunerar os bancos por depósitos junto à autoridade monetária e a implementação das Operações de Refinanciamento de Prazo Mais Longo Direcionadas para melhorar condições de crédito.

Contudo, o presidente da instituição, Mario Draghi, declarou não haver consenso entre os membros do conselho sobre a aplicação de estímulos econômicos baseados na compra de títulos públicos para reaquecer o mercado, chamado quantitative easing, mesmo reconhecendo que a situação da zona do euro vem piorando mais e mais” e que há  necessidade de um “volume significativo” de estímulos para a região.

Analistas do Danske Bank acreditam que o BCE irá agir para relaxar a política monetária, mas a falta de detalhes sobre as medidas decepcionou. “Enquanto Draghi afirmou a necessidade de forte acomodação por um período prolongado, ele se manteve deliberadamente vago sobre o quê, quando e como a política será alterada”, disseram.

Cidade Índice 24/07 25/07
Toda a Europa Stoxx 600 +0,11% -0,56%
Frankfurt DAX 30 +0,26% -1,28%
Londres FTSE 100 -0,73% -0,17%
Paris CAC 40 -0,22% -0,50%
Milão FTSE Mib +0,57% -0,80%
Madri IBEX 35 +0,52% -0,43%
Bruxelas BEL 20 +0,07% +0,23%
Lisboa PSI 20 -0,23% -0,43%

Sobre o autor