HomeMercados

Bolsas da Europa fecham em queda com ações do BCE surpreendendo os investidores

Por Pablo Vinicius Souza
07 março 2019 - 17:46

As principais Bolsas da Europa fecharam o pregão desta quinta-feira (07) em queda, reagindo às ações do Banco Central Europeu em relação à aplicação de políticas monetárias e novas projeções econômicas. As perspectivas foram muito negativas, sobretudo, no que tange à redução das estimativas de crescimento e inflação na zona do euro. A instituição manteve a taxa básica de juros, porém, anunciou uma nova rodada de refinanciamentos para bancos, visando prestar suporte à concessão de crédito.

Baixe o e-book: Desvendando o swing trade: tudo o que você precisa saber!

A autoridade monetária sinalizou que a taxa básica permanecerá no patamar atual até o final de 2019, iniciando uma nova fase de aumento somente a partir de 2020. Isso fez com que a rentabilidade dos bônus de referência alemães (títulos de 10 anos) chegasse a encostar em 0,061% na mínima do dia, causando forte pressão nas ações dos bancos, que registraram perdas de até 8% ao longo do dia. O euro também sentiu o reflexo das declarações, alcançando o se menor nível em duas semanas, sendo negociado a US$1,12.

Baixe o E-book O Guia Completo de Como Ter Sucesso Nas Operações de Day Trade

Com o clima de cautela conduzindo a sessão, o pan-europeu Stoxx 600 recuou 0,43%, aos 373 pontos, em seu segundo pregão consecutivo de queda. O FTSE 100, de Londres, caiu 0,53%, aos 7.157 pontos, com a mineradora Evraz (-4,79%) e a construtora Persimmon (-7,52%) na ponta do ranking negativo após as companhias anunciarem os respectivos resultados corporativos.

Baixe o e-book: Guia completo para investimento em renda fixa

O DAX, de Frankfurt, desabou 0,60%, aos 11.517 pontos, depois que o BCE divulgou a projeção do PIB da zona do euro com uma redução de 1,7% para 1,1%. Dentre as piores performances do mercado alemão ficaram Deutsche Bank (-5,13%) e Covestro (-4,43%). Em Paris, o CAC 40 declinou 0,39%, aos 5.267 pontos, com os bancos Société Generale (-4,32%) e BNP Paribas (-3,38%) aprofundando perdas.

Relatório gratuito – Banco do Brasil: O gigante acordou

Em Milão, o FTSE Mib desvalorizou 0,74%, aos 20.697 pontos. UBI Banca (-4,98%) e FinecoBank (-1,8%) foram os destaques negativos. Em Madri, o IBEX 35 perdeu 0,50%, aos 9.249 pontos, pressionado pelas ações de Sabadell (-7,25%), Bankia (-5,33%) e Santander (-3,51%). Em Lisboa, o PSI 20 teve redução de 1,09%, aos 5.239 pontos, com o Banco Comercial Português liderando as baixas, com recuo de 5,12%, seguido pela companhia Altri, que caiu 2,25%.

Baixe o Infográfico: 5 motivos – Por Que Investir na Bolsa Agora É Um Bom Negócio

CidadeÍndice

06/03

07/03

Toda a EuropaStoxx 600-0,04%-0,43%
FrankfurtDAX-0,28%-0,60%
LondresFTSE 100+0,17%-0,53%
 ParisCAC 40-0,16%-0,39%
MilãoFTSE Mib+0,65%-0,74%
MadriIBEX 35+0,42%-0,50%
BruxelasBEL 20-0,97%-0,90%
LisboaPSI 20+0,39%-1,09%


Sobre o autor