HomeMercados

Bolsas da Ásia fecham sem direção comum em sinal de cautela antes da ata do Fed

Por Bruna Santos
21 agosto 2019 - 08:32
destaques econômicos

Ainda temerosas sobre uma possível recessão econômica, as Bolsas da Ásia encerraram sem direção comum nesta quarta-feira (21).

Os investidores adotaram uma postura de cautela, enquanto aguardavam a divulgação da ata da última reunião de política monetária do Federal Reserve, que será divulgada hoje.

A expectativa é que o documento mostre qual é o posicionamento da instituição sobre dar continuidade à flexibilização dos juros, considerando a inversão dos rendimentos das Treasuries na semana passada.

Também no radar, o mercado segue atento ao discurso que o presidente do Fed, Jerome Powell, fará na conferência anual de Jackson Hole, que acontecerá no estado de Wyoming, a partir de amanhã.

A pressão continuou forte sobre os índices asiáticos com as falas do presidente Donald Trump, ao afirmar que é preciso confrontar a China sobre sua posição comercial, ainda que isso resulte em danos aos EUA.

Trump acrescentou que Pequim vem trazendo prejuízos incalculáveis à Washington há décadas e que agora precisa resolver essa história de uma vez por todas.

Mercados da China e Japão

Nas Bolsas chinesas, o Xangai Composto registrou variação positiva de 0,01% aos 2.880 pontos e o SZSE Component, da cidade de Shenzhen, fechou com leve queda 0,06% aos 9.322 pontos.

No Japão, o Nikkei 225 declinou 0,28% aos 20.618 pontos, com as ações dos setores bancário e equipamentos eletrônicos liderando a baixa do índice.

O dólar americano avançou 0,3% contra o iene japonês, considerado um dos ativos mais seguros, fechando a 106,55 ienes.

Demais Bolsas asiáticas

Desviando dos demais pares asiáticos, o Hang Seng, da cidade de Hong Kong, subiu 0,15% aos 26.270 pontos, com os traders tentando segurar o mercado em meio à agitação política.

Segundo informações da Reuters, a Alibaba Group Holding, a maior empresa de comércio eletrônico da China, adiou o investimento de US$15 bilhões que realizaria em Hong Kong, devido à instabilidade local.

Na Coreia do Sul, o Kospi também ficou positivo, fechando em alta de 0,22% aos 1.964 pontos, apoiado pelo avanço de sua principal blue chip, Samsung Electronics (+0,11%).

Em Mumbai, o Nifty 50 recuou 0,89% aos 10.918 pontos e em Jacarta, o IDX Composite caiu 0,68% aos 6.252 pontos.

Mercados da Oceania

O australiano S&P ASX 200 interrompeu a sequência de pregões em valorização e desabou 0,94% aos 6.483 pontos, pressionado por ações dos bancos e mineradoras.

Na Nova Zelândia, o NZX 50 cedeu 0,87% aos 10.709 pontos, com os setores de consumo não cíclico, refino de petróleo e energia liderando a ponta negativa.

 

      Cidade Índice 20/08 21/08
Sidney S&P ASX 200 +1,20% -0,94%
Wellington NZX 50 +0,95% -0,87%
Hong Kong Hang Seng -0,23% +0,15%
Seul Kospi +1,05% +0,22%
Tóquio Nikkei 225 +0,55% -0,28%
Mumbai Nifty 50 -0,33% -0,89%
Jacarta IDX Composite -0,02% -0,68%
Xangai Xangai Composto -0,11% +0,01%
Shenzhen SZSE Component -0,00% -0,06%

 


Sobre o autor