HomeMercados

Bolsas da Ásia fecham mistas após anúncio neutro do Fed

Por Bruna Santos
02 maio 2019 - 08:55
Nossa agenda local de indicadores econômicos tem como destaque a divulgação da Pesquisa Mensal do Comércio de setembro do IBGE.

Os principais mercados asiáticos encerraram o pregão desta quinta-feira (02) apresentando um desempenho misto, reagindo ao anúncio do Banco Central americano, Federal Reserve, sobre a decisão de política monetária que será aplicada à economia dos EUA.

Os membros da autoridade monetária optaram por manter a taxa básica de juros no intervalo entre 2,25% e 2,50%, confirmando as expectativas dos agentes econômicos. Ao revés, o Fed anunciou um corte de 5 pontos percentuais na taxa de juros sobre excesso de reservas (IOER), passando para 2,35%.

Com isso, determinados índices desaceleraram os ganhos e outros acentuaram as perdas. Em semana de liquidez reduzida devido à sequência de feriados regionais, as Bolsas da China do Japão permaneceram fechadas e só retornarão às atividades na semana que vem.

Mercados de Hong Kong e Coreia do Sul

Os mercados de Hong Kong e da Coreia do Sul dispararam após a CNBC divulgar que as negociações sino-americanas estão sendo finalizadas e que Estados Unidos e China podem apresentar o acordo comercial até dia 10 de maio.

Com isso, o Hang Seng avançou 0,83%, aos 29.944 pontos e o sul-coreano Kospi, subiu 0,42%, aos 2.212 pontos. A notícia chegou veio adicionar ânimo em um momento que o vice-primeiro-ministro chinês, Liu He, está viajando a Washington para nova rodada de discussões.

Demais Bolsas Asiáticas

 Em Jacarta, o IDX Composite recuou 1,25%, aos 6.374 pontos e o indiano Nifty 50 declinou 0,20%, aos 11.724 pontos. O enfraquecimento do dólar no câmbio internacional fortaleceu a rúpia indiana que avançou 0,37%, fechando na cotação de 69,38.

Na Oceania, as Bolsas apresentaram comportamentos distintos refletindo as declarações do Fed. O S&P ASX 200, de Sidney, desvalorizou 0,59%, aos 6.338 pontos e o NZX 50, de Wellington, saltou 1,20%, aos 10.085 pontos.

Manual do Imposto de Renda para Investidores


Sobre o autor