HomeMercados

Bolsas da Ásia fecham majoritariamente em alta à espera do discurso de Powell

Por Bruna Santos
23 agosto 2019 - 08:35
Bolsas da Ásia fecham majoritariamente em baixa com Coreia do Sul e China; Tóquio avança

As Bolsas da Ásia encerraram o pregão desta sexta-feira (23) majoritariamente em alta, mas o clima ainda foi de cautela antes do discurso do presidente do Federal Reserve, Jerome Powell.

Participando do Simpósio Anual do Banco Central em Jackson Hole, no estado de Wyoming (EUA), o chairman do Fed discursará hoje, por volta das 11h (horário de Brasília).

Os investidores aguardam ansiosamente pelo pronunciamento, que poderá fornecer mais detalhes sobre o posicionamento da autoridade quanto à continuidade da política de flexibilização monetária.

Durante esta semana, três integrantes do Fed declararam opiniões contrárias à mais um corte na taxa de juros, justificando que este é o momento de observar a situação, já que a economia ainda está crescendo.

E a ata da última reunião do Comitê de Mercado Aberto, publicada na quarta-feira passada, reiterou que a redução na taxa de juros realizada no final de julho foi apenas um “ajuste de meio ciclo” e que não há perspectivas de afrouxamento.

No entanto, o mercado está apostando que Powell deixará em aberto a possibilidade de expandir a flexibilização, considerando o momento de incertezas na economia global.

Mercados da China e Japão

Nos mercados chineses, o Xangai Composto subiu 0,49% aos 2.897 pontos, fechando a semana com valorização de 2,6%.

Já o menos abrangente, SZSE Component, da cidade de Shenzhen, apreciou 0,13% aos 9.362 pontos, registrando avanço semanal de 3,33%.

O dia também foi positivo na Bolsa de Tóquio, com o Nikkei 225 aumentando 0,40% aos 20.710 pontos. Na semana, o índice japonês adicionou 1,43%.

Demais Bolsas asiáticas

Em Hong Kong, o Hang Seng avançou 0,50% aos 26.179 pontos, fechando a semana em alta de 1,75%, mesmo com o agravamento dos conflitos entre população e governo.

Na capital Seul, o Kospi desviou dos demais pares asiáticos e caiu 0,14%, aos 1.948 pontos, porém, na semana, o índice anotou expansão de 1,1%.

O declínio sul-coreano veio um dia após o país anunciar o encerramento do pacto de compartilhamento de informações militares confidenciais com o Japão.

Em Jacarta, o IDX Composite subiu 0,26% aos 6.255 pontos e o indiano Nifty 50 saltou 0,82% aos 10.829 pontos.

Embora a sessão tenha sido positiva, no acumulado da semana, os índices recuaram 0,50% e 1,96% respectivamente, em meio às turbulências no exterior.

Mercados da Oceania

O australiano S&P ASX 200, da cidade de Sidney, avançou 0,33% aos 6.523 pontos, fechando a semana em alta de 1,85%.

O movimento positivo foi sustentado pela temporada de resultados corporativos domésticos, que surpreenderam os investidores.

Já o neozelandês NZX 50, da capital Wellington, declinou 0,96% aos 10.622 pontos, apurando variação semanal negativa de 0,50%.

 

 Cidade Índice 22/08 23/08
Sidney S&P ASX 200 +0,29% +0,33%
Wellington NZX 50 +0,15% -0,96%
Hong Kong Hang Seng -0,89% +0,50%
Seul Kospi -0,69% -0,14%
Tóquio Nikkei 225 +0,05% +0,40%
Mumbai Nifty 50 -1,62% +0,80%
Jacarta IDX Composite -0,22% +0,26%
Xangai Xangai Composto +0,11% +0,49%
Shenzhen SZSE Component +0,30% +0,13%

Sobre o autor