HomeMercados

Bolsas da Ásia fecham em forte queda com preocupações sobre a economia global

Por Bruna Santos
02 outubro 2019 - 08:33

As Bolsas da Ásia encerraram o pregão desta quarta-feira (02) em expressiva queda, reagindo às preocupações com o ritmo de desaceleração da economia global.

O sentimento de aversão ao risco ficou mais intenso após indicadores mostrarem que o setor manufatureiro dos Estados Unidos está passando pela maior contração em suas atividades desde junho de 2009.

O Instituto para Gestão da Oferta (ISM) divulgou ontem que a atividade industrial americana em setembro caiu de 49,1 para 47,8, evidenciando os impactos da guerra comercial com a China.

Tendo em vista a situação crítica dos dois países, crescem as expectativas sobre o encontro entre as lideranças da alta cúpula americana e chinesa, que acontecerá dias 10 e 11 de outubro, em Washington.

O mercado espera que as negociações resultem em um acordo comercial, mesmo sendo parcial, que coloque um fim a esta guerra tarifária e consiga conciliar os interesses em âmbito global.

Os investidores também ficaram receosos com os dados da União Europeia, que mostraram o enfraquecimento da economia na zona do euro, sobretudo na Alemanha, a maior potência do bloco econômico.

Em uma sessão de liquidez reduzida pelo fechamento dos mercados na China e na Índia, as incertezas ensejaram a fuga para ativos mais seguros e pressionaram o desempenho negativos dos índices asiáticos em geral.

Índices do Japão, Coreia do Sul e Hong Kong

Na cidade de Tóquio, o Nikkei 225 recuou 0,49% aos 21.778 pontos, com as companhias exportadoras e fabricantes de componentes pesados liderando a ponta negativa.

O iene japonês subiu 0,2% contra o dólar americano, fechando a 107,57 ienes por unidade, em um movimento de ajuste de posições.

Em Seul, o Kospi desabou 1,95% aos 2.031 pontos e as empresas de tecnologia ficaram dentre as opções que mais recuaram no pregão.

Na Bolsa de Hong Kong, o Hang Seng voltou do feriado registrando baixa de 0,19% aos 26.042 pontos, com um manifestante adolescente sendo atingido por munição policial.

Bolsas da Índia e Indonésia

Em Mumbai, os mercados acionários ficaram fechados devido ao feriado nacional em homenagem a Gandhi e o seu papel na independência da Índia.

Na capital Jacarta, o IDX Composite declinou 1,35% aos 6.055 pontos, com os setores de materiais básicos, financeiro e serviços liderando as perdas da sessão.

Mercados da Oceania

Em Sidney, o S&P ASX 200 desvalorizou 1,53% aos 6.639 pontos, com perdas exponenciais nas ações dos bancos domésticos e das mineradoras.

Na Bolsa neozelandesa, o NZX 50 fechou em queda de 0,41% aos 10.951 pontos, pressionado pela baixa dos setores financeiro, bens de capital e saúde.

 

 Cidade Índice 01/09 02/10
Sidney S&P ASX 200 +0,81% -1,53%
Wellington NZX 50 +0,65% -0,41%
Hong Kong Hang Seng Não operou -0,19%
Seul Kospi +0,45% -1,95%
Tóquio Nikkei 225 +0,59% -0,49%
Mumbai Nifty 50 -1,00% Não operou
Jacarta IDX Composite -0,50% -1,35%
Xangai Xangai Composto Não operou Não operou
Shenzhen SZSE Component Não operou Não operou

 


Sobre o autor