HomeMercados

Bolsas da Ásia fecham em alta com estímulos na China e temporada de balanços nos EUA

Por Bruna Santos
09 abril 2019 - 09:11
Bolsas da Ásia fecham majoritariamente em baixa com Coreia do Sul e China; Tóquio avança

As principais Bolsas da Ásia encerraram o pregão desta terça-feira (09) em alta, reagindo à aplicação de estímulos econômicos pelo governo chinês e à espera de mais uma temporada de balanços nos EUA. Segundo as projeções dos analistas, os resultados devem mostrar o pior cenário de lucros nas empresas americanas desde 2016 e isso foi motivo para os investidores agirem com cautela.

A situação do Reino Unido no Brexit também foi um catalisador que limitou o desempenho dos índices na sessão, tendo em vista os problemas que podem advir de uma separação sem acordo. O prazo final para o divórcio era 29 de março e foi adiado para 12 de abril, porém como não houve consenso no parlamento britânico, deverá sofrer nova alteração, mas agora para 30 de junho.

Mercados da China

Em Xangai, o Xangai Composto recuou 0,16%, aos 3.239 pontos e o SZSE Component, de Shenzhen, subiu 0,72%, aos 1.783 pontos. As ações das companhias ligadas ao setor imobiliário avançaram depois que o governo chinês anunciou seus planos de aliviar as restrições ao setor em várias cidades, além de ampliar os investimentos em infraestrutura.

No fim de semana, Pequim já havia se comprometido a reduzir os compulsórios bancários visando estimular a concessão de financiamentos para pequenas e médias empresas, que são a força motriz da economia do gigante asiático. Com isso, a China tenta de diversas maneiras conter a desaceleração e retomar seu ritmo crescimento.

 Demais Bolsas asiáticas

Em Tóquio, o Nikkei 225 teve alta de 0,19%, aos 21.802 pontos, com os setores de petróleo, mineração e instrumentos de precisão liderando os ganhos. Em Hong Kong, o Hang Seng avançou 0,27%, aos 30.157 pontos e no Seul, o Kospi apreciou 0,13%, aos 2.213 pontos.

Em Jacarta, o IDX Composite disparou 0,91%, aos 6.484 pontos, revertendo o desempenho ruim do dia anterior. Na mesma linha, o indiano Nifty 50 aumentou 0,58%, aos 11.671 pontos, favorecido pela alta no preço da commodities.

Mercados da Oceania

Em Sidney, o S&P ASX 200 teve alta marginal de 0,01%, aos 6.221 pontos, segurado pelas companhias que atuam no setor petrolífero. Em Wellington, o NZX 50 ficou com o pior desempenho da rodada, desvalorizando 0,20%, aos 9.787 pontos, permanecendo em território negativo pela quinta sessão consecutiva.

 

      Cidade Índice 08/04 09/04
Sidney S&P ASX 200 +0,65% +0,01%
Wellington NZX 50 -0,51% -0,20%
Hong Kong Hang Seng +0,47% +0,27%
Seul Kospi +0,04% +0,13%
Tóquio Nikkei 225 -0,21% +0,19%
Mumbai Nifty 50 -0,53% +0,58%
Jacarta IDX Composite -0,75% +0,91%
Xangai Xangai Composto -0,05% -0,16%
Shenzhen SZSE Component -0,61% +0,82%

Sobre o autor