Mercados

Bolsa brasileira oscila entre perdas e ganhos com balanços e IBC-Br; dólar cai

Por Fast Trade
13 agosto 2021 - 14:03 | Atualizado em 13 agosto 2021 - 15:33
Abertura desta terça-feira, 20 de julho

A Bolsa brasileira opera entre perdas e ganhos, reagindo aos balanços corporativos e ao Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br) mensurado em junho. O indicador subiu 1,14% no período, superando as projeções estabelecidas pelos economistas consultados pelo Refinitiv.

Nesse sentido, por ser considerado uma prévia do Produto Interno Bruto (PIB), o dado mostrou que a economia está se recuperando de forma acelerada.

Em relação as blue chips, as companhias Magazine Luiza (MGLU3), Via Varejo (VVAR3) e Americanas (AMER3) recuavam firme refletindo os resultados corporativos. Apesar de demonstrar evolução nos resultados, a fraqueza do varejo ainda é um motivo de atenção para os investidores.

Acima de tudo, o cenário político continua no centro dos debates, com o presidente Jair Bolsonaro voltando a ameaçar o Supremo Tribunal Federal ao se referir às forças armadas como um poder moderador do estado.

+ Guia completo para ter sucesso em ações na Bolsa de valores

Isto porque, o ministro Alexandre de Moraes autorizou a abertura de mais um inquérito contra o presidente por ter quebrado o sigilo das investigações conduzidas pela Polícia Federal sobre a invasão ao sistema do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

A seguir, as movimentações do pregão na B3:

Maiores altas do índice geral: CPFL (CPFE3), Embraer (EMBR3), Hering (HGTX3), Hapvida (HAPV3) e Energisa (ENGI11).

As maiores quedas do índice geral: Americanas (AMER3), Lojas Americanas (LAME4), Via Varejo (VVAR3), CVC (CVCB3), Minerva (BEEF3).

Às 14h02 (horário de Brasília), o Ibovespa subia 0,25% aos 121.022 pontos, registrando um volume financeiro de R$11,263 bilhões.

Dólar cai de olho na prévia do PIB

O dólar comercial opera em queda de 0,49% contra o real, na cotação de R$5,2270 na venda, reagindo aos números mais fortes do IBC-Br. Desse modo, frente à perspectiva de crescimento do PIB, aumentam as chances de o real apresentar um desempenho melhor do que o previsto nos próximos meses.

+ Guia de A a Z de como se tornar um trader

Apesar de o cenário político provocar turbulências, se o movimento de recuperação se manter sustentável, o câmbio deve registrar forte valorização, sobretudo, após a elevação da taxa de juros.

Quer ficar informado de todas as novidades do mercado financeiro? Então participe do Canal do Fast Trade no Telegram através do link: https://t.me/plataformafasttrade

Bolsa brasileira oscila entre perdas e ganhos com balanços e IBC-Br; dólar cai

Leia também:

IBC-Br de junho avança 1,14% sinalizando o fortalecimento da economia

Panorama Corporativo: Cyrela, JBS, Magazine Luiza, Lojas Renner

Lucro da Renner tem queda de 76,4% somando R$193,1 milhões no 2T21


Sobre o autor