Mercados

Bolsa brasileira oscila em alta reagindo aos dados do payroll; dólar cai

Por Fast Trade
07 janeiro 2022 - 13:51 | Atualizado em 07 janeiro 2022 - 14:22
véspera de vencimento

A Bolsa brasileira opera volátil nesta sexta-feira (07), oscilando em alta após a divulgação dos dados do payroll (relatório de empregos) nos EUA. No entanto, esse viés destoa do mau humor visto nos mercados internacionais, com os investidores demonstrando a decepção com o desempenho do indicador.

Isto porque, o documento mostrou que a economia norte-americana criou 199 mil novas vagas de trabalho em dezembro, o que representa menos da metade do quantitativo previsto pelos especialistas.

Mesmo assim, o desemprego no país caiu de 4,2% para 3,9%, superando a perspectiva de queda para 4,1%, reforçando a leitura de que o mercado de empregos está bastante aquecido. Este panorama ganha especial relevância em um momento de decisão sobre o aumento ou não da taxa de juros pelo Federal Reserve.

E com maior disponibilidade de ofertas de trabalho, o empregado vai em busca de maiores salários e isso se reflete em mais inflação. Considerando que o ajuste nos preços acumulado em 12 meses já está em seu maior nível dos últimos 40 anos, é provável que o ciclo de alta nos juros aconteça mais cedo.

+ Desvendando o Swing Trade: Tudo o que você precisa saber!

Por aqui, na ausência de grandes catalisadores, o desempenho conjunto das blue chips pesava sobre o índice, dando continuidade ao movimento positivo da véspera.

A seguir, as movimentações do pregão na B3:

Maiores altas do índice geral: Banco Inter (BIDI11), PetroRio (PRIO3), 3R Petroleum (RRRP3), Azul (AZUL4) e Hapvida (HAPV3).

Maiores quedas do índice geral: Americanas (AMER3), Lojas Americanas (LAME4), Sulamérica (SULA11), Assaí (ASAI3), Via (VIIA3).

Às 13h50 (horário de Brasília), o Ibovespa subia 0,55% aos 102.121 pontos, registrando um volume financeiro de R$9,013 bilhões.

Dólar assume viés de queda desviando do exterior

O dólar comercial caía 0,88% contra o real, na cotação de R$ 5,6270 na venda, desviando da forte demanda do exterior. Depois de oscilar entre perdas e ganhos na abertura, a divisa americana engatou um movimento de sell-off em atenção aos dados mais fracos do relatório de empregos.

Acima de tudo, a correção de alta na moeda brasileira está ocorrendo devido à sua excessiva depreciação nas últimas semanas, provocada pelos ruídos em âmbito local. Este cenário, contudo, ainda não retira a tendência de baixa do câmbio, tendo em vista a deterioração das perspectivas econômicas.

+ Guia de A a Z de como se tornar um trader

Por sua vez, os juros futuros avançavam seguindo a pressão de alta dos rendimentos das Treasuries de longo prazo, que reagiam à perspectiva de aumento da taxa de juros nos EUA. Desse modo

Quer ficar informado de todas as novidades do mercado financeiro? Então participe do Canal do Fast Trade no Telegram através do link: https://t.me/plataformafasttrade

Bolsa brasileira oscila em alta reagindo aos dados do payroll; dólar cai

Leia também:

Payroll mostra que EUA gerou 199 mil novos empregos em dezembro

Ações da GameStop disparam após notícia de entrada no mercado de NFTs e criptomoedas


Sobre o autor