Mercados

Bolsa brasileira oscila em alta com recuperação dos bancos e da Vale; dólar cai

Por Fast Trade
09 setembro 2021 - 13:40 | Atualizado em 09 setembro 2021 - 15:07
ata dura

A Bolsa brasileira oscilava em alta nesta quinta-feira (09), impulsionada pela recuperação das ações dos bancos e da Vale. Depois de oscilar em queda na abertura, o índice geral sinalizou recuperação, apesar da intensa volatilidade deste pregão.

Ainda em repercussão às manifestações do dia 7 de setembro, caminhoneiros em mais de 15 estados protestavam a favor do presidente Jair Bolsonaro. Nesse sentido, eles bloquearam parte das rodovias, gerando congestionamentos e atrasos no tráfego em diversas rodovias.

Mais cedo, Bolsonaro enviou um áudio solicitando ao grupo que suspendesse as paralisações, pois, poderiam prejudicar a economia e pressionar a inflação.

Na agenda de indicadores, o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) avançou 0,87% em agosto, na comparação mensal, segundo informações do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

+ Guia completo para investimento em renda fixa

Desse modo, o número ficou acima das projeções dos especialistas, que apostavam no aumento de 0,75% do indicador mensal, de acordo com o consenso Refinitiv.

A seguir, as movimentações do pregão na B3:

Maiores altas do índice geral: PetroRio (PRIO3), Weg (WEGE3), Gol (GOLL4), Méliuz (CASH3) e Eletrobras (ELET3).

Maiores quedas do índice geral: Localiza (RENT3), Locamérica (LCAM3), EzTec (EZTC3), Cielo (CIEL3), Yduqs (YDUQ3).

Às 13h38 (horário de Brasília), o Ibovespa subia 0,34% aos 113.800 pontos, registrando um volume financeiro de R$12,933 bilhões.

Dólar tem forte queda e juros disparam com IPCA

O dólar comercial opera em queda de 1,07% contra o real, na cotação de R$5,2700 na venda, refletindo o embate entre o cenário interno e os dados do IPCA de agosto.

Acima de tudo, o câmbio local acompanhava o desempenho da divisa americana no exterior, que perdia força contra as principais moedas emergentes.

+ Guia de A a Z de como se tornar um trader

Em contrapartida, os juros futuros registravam forte aumento nas taxas em todos os períodos, precificando um aumento ainda maior na taxa Selic.

Isto porque, o salto do IPCA gerou uma série de revisões para cima do juro básico, tendo em vista que o Banco Central terá que frear a inflação.

Quer ficar informado de todas as novidades do mercado financeiro? Então participe do Canal do Fast Trade no Telegram através do link: https://t.me/plataformafasttrade

Bolsa brasileira assume viés de queda com Petrobras e bancos; dólar cai

Leia também:

IPCA avança 0,87% em agosto e supera as previsões do mercado

Presidente Jair Bolsonaro pede fim da mobilização dos caminhoneiros


Sobre o autor