Mercados

Bolsa brasileira opera em alta seguindo o otimismo do exterior; dólar desaba

Por Fast Trade
17 maio 2022 - 14:16 | Atualizado em 17 maio 2022 - 15:29

A Bolsa brasileira opera em alta nesta terça-feira (17), seguindo o clima de otimismo no exterior em atenção à agenda de indicadores nos EUA. Na manhã de hoje, o Departamento de Comércio norte-americano divulgou que as vendas do varejo cresceram 0,9% em abril, na comparação mensal.

Também mostrando a força da economia do país, a produção industrial avançou 1,1% na mesma base, superando as projeções dos analistas. Nesse sentido, os dados evidenciaram que a atividade local segue forte, o que afastou as preocupações sobre um possível cenário de recessão, pelo menos temporariamente.

Além disso, os investidores vão monitorar os discursos dos dirigentes Distritais do Federal Reserve e também do presidente Jerome Powell, que irá participar de um evento no The Wall Street Journal.

+ Participantes do mercado: Saiba como identificá-los!

Enquanto isso, na China, o governo informou que os casos de Covid-19 diminuíram, possibilitando a flexibilização das medidas de restrição. A adoção de uma política sanitária muito rígida provocou, todavia, uma forte desaceleração na segunda maior economia do mundo, gerando impactos em diversos setores.

A seguir, as principais movimentações na B3:

Top 5 máximas do índice geral: Locaweb (LWSA3), Cogna (COGN3), Yduqs (YDUQ3), Ultrapar (UGPA3) e Ecorodovias (ECOR3).

Top 5 mínimas do índice geral: Hapvida (HAPV3), Magazine Luiza (MGLU3), IRB Brasil (IRBR3), Marfrig (MRFG3) e Petz (PETZ3).

Às 14h15 (horário de Brasília), o Ibovespa subia 0,70% aos 108.985 pontos, registrando um volume financeiro de R$ 14,008 bilhões.

Dólar tem forte queda reagindo ao clima de apetite ao risco

O dólar comercial caía 2,16% contra o real, na cotação de R$ 4,9410 na venda, acompanhando o clima de apetite a ativos de risco. Assim, a expectativa de recuperação da demanda na China impulsionou os preços das commodities, o que tende a beneficiar as moedas emergentes, como a brasileira.

+ Guia de A a Z de como se tornar um trader: Baixe agora!

Ademais, foi registrado um volume de recursos estrangeiros no câmbio local, contribuindo com a aceleração das perdas da divisa americana neste pregão. Desse modo, o real mostrava um dos melhores desempenhos, com o dólar voltando a negociar abaixo da fronteira psicológica de R$ 5, embora ainda esteja longe da média móvel linear de 50 dias.

Quer ficar informado de todas as novidades sobre o mercado financeiro? Então participe gratuitamente do Canal do Fast Trade no Telegram!

Bolsa brasileira opera em alta seguindo o otimismo do exterior; dólar desaba

Leia também:

Eletrobras registrou lucro líquido de R$ 2,71 bilhões no 1º tri; privatização segue no TCU

1T22: Hapvida anuncia lucro ajustado 69,9% menor e queda de 11,3% no Ebitda


Sobre o autor