Mercados

Bolsa brasileira avança com commodities metálicas e volatilidade no exterior, dólar cai

Por Fast Trade
20 maio 2022 - 14:18 | Atualizado em 20 maio 2022 - 15:30
slippage
Créditos: shutterstock.com

A Bolsa brasileira opera em alta nesta sexta-feira (20), impulsionada pelo desempenho positivo das commodities metálicas no cenário internacional. Os contratos futuros de minério de ferro subiam mais de 3% na Bolsa chinesa de Dalian e isso contribuía com a valorização das siderúrgicas e mineradoras.

Isto porque, o movimento de otimismo veio após a China anunciar a redução dos juros dos empréstimos de longo prazo, o que significa um importante estímulo à economia do país. Com efeito, a notícia animou os investidores, renovando o apetite ao risco no mercado de ações, embora a sessão esteja bastante volátil.

Ademais, os contratos futuros de petróleo também avançavam, com o tipo Brent negociando na faixa de US$ 112,32, em meio às sinalizações de que a União Europeia poderá suspender integralmente as importações do óleo bruto produzido pela Rússia.

+ Resenha do Fast Trade: Confira o primeiro episódio!

No Brasil, ficou em destaque a reunião entre o presidente Jair Bolsonaro e o bilionário Elon Musk, que é dono da montadora de veículos Tesla. Acima de tudo, entre os temas do encontro serão discutidas as diretrizes de atuação nas redes sociais, a situação da Amazônia e o desenvolvimento de projetos locais.

A seguir, as principais movimentações na B3:

Top 5 máximas do índice geral: IRB Brasil (IRBR3), Banco do Brasil (BBAS3), CSN Mineração (CMIN3), CSN (CSNA3) e Hypera (HYPE3).

Top 5 mínimas do índice geral: Petz (PETZ3), Méliuz (CASH3), Banco Pan (BPAN4), Magazine Luiza (MGLU3) e Yduqs (YDUQ3).

Às 14h18 (horário de Brasília), o Ibovespa subia 0,45% aos 107.484 pontos, registrando um volume financeiro de R$ 12,264 bilhões.

Dólar segue trajetória de baixa com foco no cenário doméstico

O dólar comercial recuava 0,71% contra o real, na cotação de R$ 4,8820 na venda, com foco no cenário doméstico. Desse modo, o enfraquecimento da divisa americana está ocorrendo devido ao diferencial de juros com o exterior ainda elevado e cujos rendimentos podem atrair os fluxos de recursos.

+ Guia de A a Z de como se tornar um trader!

Além disso, segundo especialistas, a moeda brasileira tende a ser fortemente influenciada pelo desempenho das exportações, sobretudo, de commodities. “Para o real, a moeda acaba sendo mais afetada por conta da participação elevada da China nas exportações do Brasil” – disse um especialista ao Valor. Assim

Quer ficar informado de todas as novidades sobre o mercado financeiro? Então participe gratuitamente do Canal do Fast Trade no Telegram!

Bolsa brasileira opera em alta com commodities metálicas e volatilidade no exterior, dólar cai

Leia também:

Ativa reduz preço-alvo das ações da Rede D’Or incorporando os impactos da pandemia

Tegra negocia compra do Pullman São Conrado

Camil reporta alta de 68,7% no 4T21 ao atingir R$ 143,5 milhões e aprova JCP


Sobre o autor