Mercados

Bolsa brasileira ganha força com serviços no Brasil e inflação nos EUA; dólar sobe

Por Fast Trade
14 setembro 2021 - 13:59 | Atualizado em 14 setembro 2021 - 14:24
Eleições nos EUA e cenário interno devem aumentar a volatilidade do Ibovespa

A Bolsa brasileira opera em alta nesta terça-feira (14), ganhando força após a divulgação do indicador de serviços no Brasil e de inflação nos EUA. Depois de oscilar entre perdas e ganhos na abertura, o índice geral ganhou força impulsionado pelas blue chips do setor bancário.

Nesse sentido, a queda nos papéis da Petrobras (PETR3/PETR4) limitava os ganhos do pregão, refletindo as recentes turbulências na estatal. Mais cedo, o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP), disse que a petroleira deve ser lembrada de que os brasileiros são os seus acionistas.

Isto porque, o presidente da Petrobras, o general Silva e Luna, disse que a empresa é muito bem controlada, refutando as acusações de que a atual política de preços estaria sendo manipulada.

Ao mesmo tempo, na agenda de indicadores, o volume de serviços no país subiu 1,1% em julho, na comparação mensal, segundo informações do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Esse foi o quarto mês positivo consecutivo, de forma que o setor registrou ganhos de 5,8%.

+ Estratégias Long & Short: Saiba como operar!

Enquanto isso, nos EUA, o índice de preços ao consumidor (CPI) de agosto avançou 0,3% em agosto, na comparação com julho. Mesmo assim, o dado ficou abaixo do esperado, pois, as estimativas indicavam um salto de 0,4% no período.

A seguir, as movimentações do pregão na B3:

Maiores altas do índice geral: Méliuz (CASH3), Locaweb (LWSA3), Eneva (EVEV3), Cosan (CSAN3) e Braskem (BRKM5).

Maiores quedas do índice geral: Magazine Luiza (MGLU3), CVC (CVCB3), BRF (BRFS3), Cielo (CIEL3), Dexco (DXCO3).

Às 14h00 (horário de Brasília), o Ibovespa subia 0,39% aos 116.862 pontos, registrando um volume financeiro de R$11,236 bilhões.

Dólar avança com foco nas falas de Campos Neto

O dólar comercial opera em alta de 0,39% contra o real, na cotação de R$5,2360 na venda, com foco nas declarações do presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto. Isto porque, o executivo disse que não pretende alterar os planos de elevação na taxa Selic como reação aos recentes indicadores econômicos.

+ Guia de A a Z de como se tornar um trader

Como resultado, o câmbio chegou a oscilar, porém, ganhou tração com o exterior e os riscos fiscais ainda no radar dos investidores, com o adiamento da votação da reforma administrativa.

Quer ficar informado de todas as novidades do mercado financeiro? Então participe do Canal do Fast Trade no Telegram através do link: https://t.me/plataformafasttrade

Bolsa brasileira ganha força com serviços no Brasil e inflação nos EUA; dólar sobe

Leia também:

Indicador de serviços avança 1,1% em julho, alta é de 5,8% em quatro meses

Como o mercado se posiciona para a abertura nesta terça-feira, 14 de setembro


Sobre o autor