Mercados

Bolsa brasileira desvia de NY e cai reagindo às incertezas na cena local; dólar oscila

Por Fast Trade
14 outubro 2021 - 13:32 | Atualizado em 14 outubro 2021 - 18:44
Boletim Focus

A Bolsa brasileira faz uma sessão de baixa nesta quinta-feira (14), desviando do bom humor de Nova York sob pressão das incertezas na cena local. Em meio a intensa volatilidade, o índice geral acompanhava o declínio dos bancos, das siderúrgicas e das empresas do setor varejo.

Nos Estados Unidos, os mercados avançavam graças à agenda de indicadores e aos resultados trimestrais melhores do que o previsto. Divulgado hoje, os pedidos de auxílio desemprego totalizaram 293 mil na semana passada, vindo abaixo das estimativas dos analistas em 319 mil solicitações.

+ Confira o Glossário do mundo trader e fique por dentro dos principais termos

Ao mesmo tempo, o Índice de Preços ao Produtor (PPI) registrou alta de 0,5% em setembro, também leve abaixo dos 0,6% projetados pelos especialistas. Nesse sentido, os dados mostraram que a alta nos preços está acompanhando a recuperação da atividade econômica do país.

Acima de tudo, as Bolsas americanas firmaram trajetória de alta, apoiadas pelos ganhos dos grandes bancos após a temporada de resultados mostrar balanços mais robustos.

Cenário local

No Brasil, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) informou que o volume de serviços subiu 0,5% em agosto, na comparação mensal. Desse modo, o setor apresentou o desempenho mais forte desde 2015, o que é muito bom para o Produto Interno Bruto (PIB), uma vez que é responsável por 60%.

Além disso, a situação dos precatórios pode levar a um desembolso de R$ 90 bilhões em 2022, podendo extrapolar o orçamento aprovado para o período. E ainda há grande incerteza sobre os efeitos do projeto do ICMS sobre combustíveis, de forma que não haverá impactos imediatos para o consumidor.

A seguir, as movimentações do pregão na B3:

Maiores altas do índice geral: PetroRio (PRIO3), Marfrig (MRFG3), Gerdau (GGBR4), Banco Pan (BPAN4) e Raia Drogasil (RADL3). Em contrapartida

Maiores quedas do índice geral: Grupo Soma (SOMA3), BRF (BRFS3), Americanas (AMER3), EzTec (EZTC3), Cyrela (CYRE3).

Às 13h32 (horário de Brasília), o Ibovespa caía 0,43% aos 112.967 pontos, registrando um volume financeiro de R$10,180 bilhões.

Dólar oscila perto da estabilidade após leilão de swap cambial

O dólar comercial caía 0,02% contra o real, na cotação de R$ 5,5070 na venda, refletindo o leilão de contratos de swap cambial do Banco Central. Isto porque, com a atuação de ontem, a instituição anunciou que hoje teria uma nova oferta de US$ 1 bilhão, nas primeiras horas de pregão.

+ Guia de A a Z de como se tornar um trader

Por fim, os juros futuros operam em alta, passando por forte adição de prêmio de risco, repercutindo a piora no sentimento de risco em relação ao ambiente interno e a crise fiscal do governo.

Quer ficar informado de todas as novidades do mercado financeiro? Então participe do Canal do Fast Trade no Telegram através do link: https://t.me/plataformafasttrade

Bolsa brasileira desvia de NY e cai reagindo às incertezas na cena local; dólar oscila

Leia também:

Setor de serviços tem expansão de 0,5% em agosto; nível supera pré-pandemia

Cyrela e Moura: resultados operacionais do terceiro trimestre


Sobre o autor