Mercados

Bolsa brasileira avança de olho nos balanços e na decisão do Fed; dólar cai

Por Fast Trade
28 julho 2021 - 13:25 | Atualizado em 28 julho 2021 - 15:00
Eleições nos EUA e cenário interno devem aumentar a volatilidade do Ibovespa

A Bolsa brasileira faz uma sessão de recuperação nesta quarta-feira (28), de olho na temporada de balanços e na decisão do Federal Reserve.

Depois de perder 1,1% na véspera, o índice geral ganhava força apoiado pela valorização da Petrobras (PETR3/PETR4), da Vale (VALE3) e das companhias do setor bancário.

Enquanto isso, lá fora, é grande a expectativa pelo anúncio da diretriz de política monetária do Banco Central americano, que acontecerá às 15h (horário de Brasília). Em seguida, o presidente da instituição, Jerome Powell, realizará uma entrevista coletiva, na qual, deve avaliar o panorama econômico do país.

Mesmo assim, os analistas acreditam que não haverá alterações significativas na postura do Fed antes do simpósio de Jackson Hole, agendado para os dias 26 a 28 de agosto.

Outro fator de destaque no mercado norte-americano são os resultados mais fortes da Alphabet, que ultrapassaram as estimativas. Ainda hoje, as empresas Pfizer, Facebook, Paypal e McDonald’s divulgam os números do segundo trimestre.

+ Estratégia na alocação de recursos – Baixe agora!

Por aqui, os investidores repercutiam os balanços das gigantes CSN (CSNA3), Carrefour (CRFB3), Assaí (ASAI3), Telefônica Brasil (VIVT3) e Unidas (LCAM3).

A seguir, as movimentações do pregão na B3:

Maiores altas do índice geral: Weg (WEGE3), BRF (BRFS3), Bradespar (BRAP4), Itaú Unibanco (ITUB4) e Vale (VALE3).

As maiores quedas do índice geral: Natura (NTCO3), Carrefour Brasil (CRFB3), B3 (B3SA3), CSN (CSNA3), MRV (MRVE3).

Às 13h24 (horário de Brasília), o Ibovespa subia 1,03% aos 125.901 pontos, registrando um volume financeiro de R$10,757 bilhões.

Dólar declina em sinal de cautela antes do Fed

O dólar comercial opera em queda de 0,21% contra o real, na cotação de R$5,1610 na venda, sinalizando cautela, antes da decisão do Fed.

Em uma sessão mista, de perdas e ganhos para os ativos de risco, a divisa americana se enfraquecia contra as principais moedas emergentes. No entanto, no câmbio local, os investidores também monitoravam o resultado do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged).

+ Guia de A a Z de como se tornar um trader

Desse modo, os números podem mostrar a situação atual da economia do país, evidenciando o ritmo de recuperação do mercado de trabalho.

Por fim, os contratos de juros futuros registravam aumento nas taxas em todos os períodos, precificando as chances de aumento agressivo na taxa Selic.

Quer ficar informado de todas as novidades do mercado financeiro? Então participe do Canal do Fast Trade no Telegram através do link: https://t.me/plataformafasttrade

Bolsa brasileira avança de olho nos balanços e na decisão do Fed; dólar cai

Leia também:

Lucro da Weg avança 120% e alcança R$1,13 bilhão no 2º trimestre

Santander Brasil bate o lucro e atinge a melhor leitura de eficiência na história

Resultados do varejo: Carrefour tem queda nos lucros, mas Assaí avança


Sobre o autor